terça-feira, 31 de maio de 2011

Primeira volta!

Todos os 40 clubes das Séries A e B do Campeonato Brasileiro já realizaram um jogo em casa. Com a colaboração do torcedor-internauta Marcos Neves, o blog rbrito junta o ranking de público das duas competições e mostra quais clubes contam com o apoio dos torcedores neste início de Nacional.

Mais no blog rbrito:
A primeira impressão de público nas Séries A e B do Brasileirão!


O Bahia teve todos os orixás a favor para alcançar a liderança geral no ranking. Além de ser o reencontro da torcida e do clube com a elite do Brasileirão, o Bahia ainda enfrentou um grande time em casa - campeão Brasileiro de 2009 e dono da maior torcida do Brasil, o Flamengo.

Nesta festa popular, o Tricolor baiano lotou o Estádio Pituaçu, em Salvador, com 32.157 pagantes. Número bem superior ao do Grêmio (19.002), segundo colocado. O Sport, líder no ranking da Série B, aparece na terceira colocação, com média de 17.706 pagantes.

Se até agora não houve nenhuma surpresa, o fato inusitado aparece um pouco abaixo, mas ainda dentro do Top 10. O Grêmio Barueri, que voltou a sua cidade, após dois rebaixamentos em Presidente Prudente, tem a nona melhor média de público do Brasil.

Mostrando que não tem amor próprio, o torcedor compareceu a Arena Barueri e deixou o clube sem identidade com média de 13.105 pagantes - na nona colocação. O décimo é o Internacional. Antes aparecem: Corinthians, Coritiba, Atlético-PR, Atlético-MG e Palmeiras.

Sem empolgação!
Mesmo com a boa campanha, o Flamengo não empolgou seu torcedor. Campeão Estadual, o Rubro-negro carioca ocupa a modesta 24ª colocação, com média de apenas 4.340 pagantes. Outros dois campeões estaduais também estão distantes de seus torcedores.

O Atlético-GO, com média de 5.643 pagantes, ocupa o 20º lugar. Enquanto isso, o ASA-AL faz muito pior. Vencedor do Campeonato Alagoano, o time de Arapiraca aparece na rabeira da tabela, na 35ª colocação, com apenas 1.407 pagantes. O pior time do Brasileirão está um degrau abaixo.

O América-MG, que está de volta à elite, tem a quinta pior média de público do Brasil (1.253). O lanterna do ranking geral é o Americana. Outro clube sem identidade, o Americana aparece na 40ª posição e média de 54 testemunhas.

Cores gerais!

Os clubes da Série A do Brasileirão estão representados pela cor amarela. Já a cor cinza representa os clubes da Série B. Até agora, em 40 jogos, a média geral é de 7.551 pagantes. O público total está em 302.023. A média da Série A é de 10.573 contra apenas 4.528 pagantes da Série B.

Faça parte do blog rbrito! Envie sugestões de posts! Participe! Opine aqui ou através do www.twitter.com/rbrito1984


segunda-feira, 30 de maio de 2011

Deu empate!

Os principais Estaduais já terminaram e o Campeonato Brasileiro começa a esquentar, mesmo assim o blog rbrito cumpre a promessa de mostrar as médias de público dos campeonatos regionais. Nesta segunda-feira, teremos os números do Campeonato Gaúcho.

Mais no blog rbrito:
Ranking de público no primeiro turno do Gauchão foi constrangedor!

Ba-Vi nas primeiras colocações e campeão do Campeonato Baiano...


Ao invés de direcionarmos nosso foco para o campeão Internacional ou para o Grêmio, líder no ranking de público pagante, o blog rbrito irá destacar um fato inusitado nas médias do Gauchão. Pela primeira vez dois clubes terminaram o Estadual com a mesma média de público.

Novo Hamburgo e Santa Cruz não animaram seus torcedores, mas tiveram a mesma média – 373 pagantes. No primeiro turno, o Novo Hamburgo levou 2.388 pagantes ao estádio, contra apenas 223 no segundo turno. Total de 2.611 pagantes. Número que o colocou a frente do rival.

O Santa Cruz, com os mesmos sete jogos em casa, levou apenas 2.609 pagantes ao estádio. No primeiro turno o total foi de 615, contra 1.994 no returno. Assim o Santa ficou na 14ª colocação, enquanto o Novo Hamburgo aparece no 13º lugar.

Na ponta!
A boa notícia é que os quatro primeiros colocados aumentaram suas médias em comparação aos números do primeiro turno. O Grêmio foi o grande campeão das arquibancadas. O Tricolor, vice-campeão Estadual, saiu de uma média com 11.039 pagantes, para a final de 12.949.

O duelo contra o Veranópolis não teve o boletim financeiro divulgado pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF). Logo o blog rbrito não contabilizou esta partida. Na segunda colocação do ranking está o rival Internacional.

A subida colorada foi ainda mais pomposa. Se no turno o Inter tinha média de 6.446 pagantes, o campeão Estadual terminou com média de 10.453. O Juventude subiu de 4.093 para 4.581 pagantes, enquanto o Caxias, quarto colocado, saiu de 3.151 para 3.708.

Quem diria...
O Porto Alegre, porém, é o clube que mais tem a comemorar. O time do empresário Assis, irmão de Ronaldinho Gaúcho, deixou a lanterna e acabou na modesta 12ª colocação. No primeiro turno, o Porto Alegre teve a vergonhosa média de 58 pagantes. Mas graças ao duelo contra o Grêmio no returno, que rendeu público de 2.758 pagantes, o Porto Alegre acabou com média de 442.

A última colocação coube ao Canoas ou Universidade, como preferir. Nos três jogos que realizou, em casa, no segundo turno, o Canoas teve um público total de míseros 62 pagantes. A média do clube foi de apenas 310.

Amador!
O intuito do blog rbrito era apresentar as médias de todos os Estaduais 2011. Mas muitas Federações não disponibilizam tais informações. Até agora, o blog rbrito não conseguiu os números dos Campeonatos Potiguar, Roraimense, Matogrossense e Paraibano.

O blog rbrito, porém, já apresentou as médias de público do Paulistão (final), Carioca (final), Catarinense, Paranaense (final), Cearense (final), Gaúcho (final), Paraense, Sergipano, Alagoano (final), Brasiliense (final), Mineiro (final), Goiano (final) e Baiano (final).

Ajude a divulgar o trabalho do blog rbrito! Só nós fazemos o levantamento das médias de público de TODOS os Estaduais! Opine! Participe pelo blog rbrito ou através do www.twitter.com/rbrito1984

Confira o total e a média final de público de TODOS os clubes no Gauchão 2011:

1 - GRÊMIO (TOTAL: 77.274 + 52.218 = 129.492 / MÉDIA = 12.949)

1º TURNO

Grêmio x Lajeadense (13.269)
Grêmio x São José (7.311)
Grêmio x Internacional (4.010)
Grêmio x Caxias (7.776)
Grêmio x Ypiranga (10.149)
Grêmio x Cruzeiro (13.612)
Grêmio x Caxias (21.147)

2º TURNO

Grêmio x Cruzeiro (5.645)
Grêmio x Inter-SM (4.291)
Grêmio x Veranópolis (FGF não divulgou)
Grêmio x Internacional (42.282)

2 - INTERNACIONAL (TOTAL: 32.232 + 93.204 = 125.436 / MÉDIA = 10.453)

1º TURNO

Internacional x Porto Alegre (4.278)
Internacional x Santa Cruz (2.323)
Internacional x Juventude (11.683)
Internacional x Pelotas (9.564)
Internacional x Cruzeiro (4.384)

2º TURNO
Internacional x Ypiranga (3.766)
Internacional x Novo Hamburgo (9.902)
Internacional x São Luiz (4.407)
Internacional x Canoas (9.584)
Internacional x Santa Cruz (16.237)
Internacional x Grêmio (28.479)
Internacional x Grêmio (20.829)

3 - JUVENTUDE (TOTAL: 20.466 + 29.923 = 50.389 / MÉDIA = 4.581)

1º TURNO

Juventude x São Luiz (3.851)
Juventude x Caxias (7.440)
Juventude x Ypiranga (2.953)
Juventude x Novo Hamburgo (3.374)
Juventude x São José (2.848)

2º TURNO
Juventude x Grêmio (7.564)
Juventude x Santa Cruz (1.743)
Juventude x Inter-SM (1.601)
Juventude x Porto Alegre (2.738)
Juventude x Lajeadense (5.095)
Juventude x Internacional (11.182)

4 - CAXIAS (TOTAL: 18.904 + 14.472 = 33.376 / MÉDIA = 3.708)

1º TURNO

Caxias x Pelotas (2.725)
Caxias x Cruzeiro (3.013)
Caxias x Inter-SM (2.090)
Caxias x Porto Alegre (1.275)
Caxias x Veranópolis (3.997)
Caxias x São José (5.804)

2º TURNO
Caxias x Internacional (9.606)
Caxias x Canoas (2.114)
Caxias x São Luiz (2.752)

5 - YPIRANGA (TOTAL: 10.031 + 9.233 = 19.264 / MÉDIA = 2.408)

1º TURNO

Ypiranga x Grêmio (7.115)
Ypiranga x Porto Alegre (1.335)
Ypiranga x Cruzeiro (530)
Ypiranga x Veranópolis (1.051)

2º TURNO
Ypiranga x São Luiz (463)
Ypiranga x Canoas (605)
Ypiranga x Caxias (835)
Ypiranga x Grêmio (7.330)

6 - PELOTAS (TOTAL: 6.832 + 11.624 = 18.456 / MÉDIA = 2.307)

1º TURNO

Pelotas x Ypiranga (1.776)
Pelotas x Lajeadense (2.032)
Pelotas x São José (1.287)
Pelotas x São Luiz (1.737)

2º TURNO
Pelotas x Juventude (1.020)
Pelotas x Porto Alegre (1.064)
Pelotas x Grêmio (8.133)
Pelotas x Cruzeiro (1.407)

7 - SÃO LUIZ (TOTAL: 4.200 + 3.312 = 7.512 / MÉDIA = 939)

1º TURNO

São Luiz x Santa Cruz (828)
São Luiz x Inter-SM (764)
São Luiz x Grêmio (2.225)
São Luiz x Cruzeiro (383)

2º TURNO
São Luiz x Canoas (589)
São Luiz x São José (764)
São Luiz x Lajeadense (741)
São Luiz x Novo Hamburgo (1.218)

8 - VERANÓPOLIS (TOTAL: 3.452 + 1.389 = 4.841 / MÉDIA = 605)

1º TURNO

Veranópolis x Canoas (522)
Veranópolis x São Luiz (326)
Veranópolis x Caxias (660)
Veranópolis x Internacional (1.944)

2º TURNO
Veranópolis x Inter-SM (259)
Veranópolis x Pelotas (313)
Veranópolis x Cruzeiro (154)
Veranópolis x Juventude (663)

9 - CRUZEIRO (TOTAL: 651 + 4.394 = 5.045 / MÉDIA = 560)

1º TURNO

Cruzeiro x Internacional (408)
Cruzeiro x Novo Hamburgo (94)
Cruzeiro x Canoas (73)
Cruzeiro x Lajeadense (76)

2º TURNO
Cruzeiro x Porto Alegre (73)
Cruzeiro x Juventude (139)
Cruzeiro x Santa Cruz (176)
Cruzeiro x São Luiz (156)
Cruzeiro x Grêmio (3.850)

10 - INTER-SM (TOTAL: 2.564 + 1.346 = 3.910 / MÉDIA = 558)

1º TURNO

Inter-SM x São José (1.040)
Inter-SM x Internacional (843)
Inter-SM x Novo Hamburgo (427)
Inter-SM x Ypiranga (254)

2º TURNO
Inter-SM x Santa Cruz (331)
Inter-SM x Cruzeiro (217)
Inter-SM x Pelotas (798)

11 - LAJEADENSE (TOTAL: 2.730 + 946 = 3.676 / MÉDIA = 459)

1º TURNO

Lajeadense x Inter-SM (792)
Lajeadense x Veranópolis (960)
Lajeadense x Porto Alegre (776)
Lajeadense x Juventude (202)

2º TURNO
Lajeadense x São José (36)
Lajeadense x Caxias (22)
Lajeadense x Ypiranga (18)
Lajeadense x Internacional (870)

12 - PORTO ALEGRE (TOTAL: 234 + 2.863 = 3.097 / MÉDIA = 442)

1º TURNO

Porto Alegre x Novo Hamburgo (51)
Porto Alegre x Canoas (30)
Porto Alegre x São Luiz (61)
Porto Alegre x São José (92)

2º TURNO
Porto Alegre x Veranópolis (48)
Porto Alegre x Grêmio (2.758)
Porto Alegre x Santa Cruz (57)

13 - NOVO HAMBURGO (TOTAL: 2.388 + 223 = 2.611 / MÉDIA = 373)

1º TURNO

Novo Hamburgo x Veranópolis (182)
Novo Hamburgo x Pelotas (108)
Novo Hamburgo x Santa Cruz (78)
Novo Hamburgo x Grêmio (2.020)

2º TURNO
Novo Hamburgo x Canoas (46)
Novo Hamburgo x Ypiranga (76)
Novo Hamburgo x Lajeadense (101)

14 - SANTA CRUZ (TOTAL: 615 + 1.994 = 2.609 / MÉDIA = 373)

1º TURNO

Santa Cruz x Caxias (190)
Santa Cruz x Ypiranga (128)
Santa Cruz x Lajeadense (213)
Santa Cruz x Canoas (84)

2º TURNO
Santa Cruz x Pelotas (37)
Santa Cruz x Veranópolis (122)
Santa Cruz x Grêmio (1.835)

15 - SÃO JOSÉ (TOTAL: 450 + 2.076 = 2.526 / MÉDIA = 316)

1º TURNO

São José x Cruzeiro (123)
São José x Juventude (219)
São José x Veranópolis (48)
São José x Santa Cruz (60)

2º TURNO

São José x Novo Hamburgo (137)
São José x Internacional (1.646)
São José x Caxias (192)
São José x Ypiranga (101)

16 - CANOAS (TOTAL: 1.797 + 62 = 1.859 / MÉDIA = 310)

1º TURNO

Canoas x Juventude (Portões fechados)
Canoas x Grêmio (1.723)
Canoas x Pelotas (62)
Canoas x Inter-SM (12)

2º TURNO
Canoas x Lajeadense (12)
Canoas x Novo Hamburgo (25)
Canoas x São José (25)

Ponto para o Brasil!

Os estádios do Brasil não são modernos! Os clubes brasileiros perdem suas promessas para os rivais da Europa! O calendário verde e amarelo ainda é uma bagunça! O futebol brazuca não conta com as mesmas cifras da bola europeia. Mesmo assim o futebol canarinho tem um ponto a seu favor, como mostra o blog rbrito, nesta segunda-feira.

Mais no blog rbrito:
Os campeões brasileiros que tiveram suas faixas carimbadas!


O futebol brasileiro é um dos mais equilibrados do mundo. Ao contrário das principais competições europeias, no Brasil há muito mais clubes com chances de ser campeão Nacional. O blog rbrito comparou os campeões, de 2003 para cá, do Brasileirão e dos principais campeonatos europeus (Alemão, Espanhol, Francês, Inglês, Italiano e Português). O resultado é surpreendente.

Mesmo ainda sem contar a temporada 2011, afinal estamos apenas na segunda rodada, o Campeonato Brasileiro da Série A teve uma diversificação enorme em relação aos campeões da Europa nestes nove anos. Desde 2003, quando o sistema de pontos corridos foi adotado no Nacional, o Brasileirão já acompanhou seis campeões diferentes.

O time, quase perfeito, do Cruzeiro foi o primeiro vencedor na Era dos pontos corridos. Na sequência houve uma supremacia de títulos paulistas com Santos, Corinthians e o Tri do São Paulo. Mas nas últimas duas temporadas, foram os cariocas que sorriram com Flamengo e Fluminense – atual detentor do título.

Lógico que ainda é muito cedo, mas só para ter uma ideia, se o Brasileirão terminasse hoje, Atlético Mineiro ou Vasco seriam campeões. Os rivais estão empatados em tudo, inclusive no número de cartões amarelos (3). Ou seja, o Brasileirão teria seu sétimo campeão diferente em nove anos. São Paulo e Corinthians também somam seis pontos, mas perdem no saldo de gols.

Aprendizado!

O Campeonato Alemão é o que mais se aproxima desta diversidade brasileira. Na temporada 2010/2011, o Borussia Dortmund voltou a ficar com a taça. Nos últimos nove anos, o Borussia foi o quinto clube diferente a ser campeão nacional. O Bayern de Munique, com cinco títulos, puxa a fila que ainda tem Werder Bremen, Stuttgart e Wolfsburg.

Apesar da supremacia do Lyon, o Campeonato Francês também ganhou emoção nos últimos anos. O ex-clube de Juninho Pernambucano conseguiu um inacreditável Heptacampeonato, se voltarmos até 2002. Mas a força do clube acabou em 2008. A partir de 2009, o Francês teve um campeão diferente por temporada – Bordeaux, Olympique de Marselha e Lille.

Desigualdade!

As ligas mais caras do mundo, porém, não têm a mínima graça e são disputadas por poucos clubes. Os Campeonatos Espanhol, Inglês e Italiano produziram míseros três campeões cada em nove anos. A briga nestes países é restrita apenas a Barcelona, Real Madrid, Manchester United, Chelsea, Milan e Internazionale.

No Campeonato Espanhol, apenas o Valencia conseguiu estragar a festa de Barça e Madrid. Mas tirando a temporada de 2004, o título ficou com o time catalão em cinco anos (2005, 2006, 2009, 2010 e 2011) e em três com o time merengue (2003, 2007 e 2008).

Na Premier League a situação se repete, mesmo com a enorme quantidade de dinheiro que move a competição. Atual campeão, o Manchester United ainda faturou o título em outras quatro oportunidades, contra três do rival Chelsea. Já o Arsenal ganhou a taça em 2004.

Confusão!

O Milan quebrou a supremacia da rival Inter no Campeonato Italiano após cinco anos. Mas a variedade no Calccio é pequena. Em 2003, a Juventus ficou com o título. O mesmo aconteceu em 2004/2005 e 2005/2006.

O clube de Turim, porém, foi punido no episódio de manipulação de resultados. Assim a taça de 2005/2006 passou para as mãos da Inter de Milão. Enquanto isso, o título de 2004/2005 não teve nenhum dono. A Federação Italiana de Futebol não definiu o vencedor daquela temporada.

Sem graça!
Mas é o Campeonato Português que pode ser considerado o mais sem graça da Europa ou até do mundo. Em nove anos, apenas Porto e Benfica ficaram com os títulos. Campeão invicto na atual temporada, o Porto faturou a taça em outras seis oportunidades neste período. Já o Benfica ficou com dois títulos (2005 e 2010).

O torcedor brasileiro tem todos os motivos para reclamar da Série A. Clubes, dirigentes, TV e Federações sempre deixam os torcedores por último em suas listas de prioridades. Em compensação, a torcida brasileira é premiada com emoção e disputa acirrada até a última rodada.

Participe do blog rbrito com sugestões, críticas, elogios... Opine aqui ou através do twitter (@rbrito1984)

Confira os campeões das principais competições pelo mundo desde 2003:

BRASILEIRÃO (6 CAMPEÕES)

2003

Cruzeiro

2004
Santos

2005

Corinthians

2006
São Paulo

2007
São Paulo

2008
São Paulo

2009
Flamengo

2010
Fluminense

2011
?

ALEMÃO (5 CAMPEÕES)

2003

Bayern de Munique

2004
Werder Bremen

2005
Bayern de Munique

2006
Bayern de Munique

2007
Stuttgart

2008
Bayern de Munique

2009

Wolfsburg

2010
Bayern de Munique

2011
Borussia Dormund

ESPANHOL (3 CAMPEÕES)

2003

Real Madrid

2004
Valencia

2005
Barcelona

2006
Barcelona

2007
Real Madrid

2008

Real Madrid

2009
Barcelona

2010
Barcelona

2011
Barcelona

FRANCÊS (4 CAMPEÕES)

2003

Lyon

2004

Lyon

2005
Lyon

2006
Lyon

2007
Lyon

2008
Lyon

2009
Bordeaux

2010
Olympique de Marselha

2011
Lille

INGLÊS (3 CAMPEÕES)

2003

Manchester United

2004
Arsenal

2005
Chelsea

2006
Chelsea

2007
Manchester United

2008
Manchester United

2009
Manchester United

2010
Chelsea

2011
Manchester United

ITALIANO (3 CAMPEÕES)

2003

Juventus

2004
Milan

2005
Sem campeão

2006
Internazionale

2007
Internazionale

2008
Internazionale

2009
Internazionale

2010
Internazionale

2011
Milan

PORTUGUÊS (2 CAMPEÕES)

2003

Porto

2004
Porto

2005
Benfica

2006
Porto

2007
Porto

2008
Porto

2009
Porto

2010
Benfica

2011
Porto

domingo, 29 de maio de 2011

Mau Humor FC 68!

A seção Mau Humor FC, do blog rbrito, neste domingo, começará com uma pergunta: vocês, torcedores-internautas, são favoráveis a presença das estudantes de Educação Física na função de gandulas durante todo o Estadual e Campeonato Brasileiro?

Mais no blog rbrito:
As pitonisas deram as caras cedo, assim como as lesões dos “craques”!


Sem ficar em cima do muro, o blog rbrito diz com veemência: “S-I-M”! A “experiência” já deu certo em tantas finais do Campeonato Paulista que poderia se estender pelos quatro cantos do país e não apenas nos jogos decisivos.

A partida fica mais rápida, dinâmica e aumenta a emoção. Afinal, as bolas não somem e a “cera” tende a diminuir. Qual o motivo para não se adotar esta medida? Dinheiro? Falta de interesse dos clubes? Se alguém tiver uma vaga ideia é só avisar o blog rbrito!

De novo!
Se a questão for dinheiro para a pergunta acima, não deveria ser problema. A Federação Paulista de Futebol (FPF) cobra R$ 800 mil para um clube mudar de sede. Nos últimos anos, o Barueri foi para Presidente Prudente e, agora, voltou para a Grande São Paulo, além do Guaratinguetá ter ido para Americana e o Campinas que rumou para Barueri.

Aliás, a volta do Barueri-Prudente-Barueri é o segundo assunto da seção Mau Humor FC. Esperei um bom tempo para comentar esta pouca vergonha. Neste período percebi que a imprensa pouco ou quase nada falou a respeito. É uma pena!

Fiz estas duas perguntas via twitter (@rbrito1984): como fica o torcedor de Presidente Prudente que recebeu de braços abertos o clube? E os torcedores de Barueri que se irritaram com a saída do clube na temporada passada?

Bom... em primeiro lugar é lamentável que uma federação aceite tais atitudes. Multa? Os empresários sempre têm dinheiro. O mínimo seria suspender o clube por um ano e rebaixá-lo a última divisão em caso de troca de sede. Pode ter certeza que acabaria com este absurdo.

Se os torcedores de Barueri tiverem um pouco de amor próprio, eles vão rejeitar esta volta do clube à cidade e não vão comparecer ao estádio. E o torcedor de Presidente Prudente vai pensar duas vezes antes de declarar seu amor a um clube forasteiro. Pelo menos isso é que deveria acontecer!

Quais motivos deixam você irritado com o futebol? Opine! Participe na seção Mau Humor FC pelo próprio blog rbrito ou através do twitter (@rbrito1984)

sábado, 28 de maio de 2011

Faaala 27!

O blog rbrito tentou deixar as derrapadas da imprensa de fora da seção “Faaala”. Mas eles insistiram muito nesta semana. O ex-jogador Neto assassinou a língua portuguesa. Não que isso seja novidade, mas seria o caso de voltar para a escola ou não fazer mais programas ao vivo.

Mais no blog rbrito:
Fofocas, deslize e até “gângster” no futebol brasileiro!


Mas a boleirada também está em campo. Nem bem chegou ao Corinthians e Emerson foi bombardeado por perguntas “constrangedoras”. Já os dirigentes do São Paulo não querem ver Alex Silva nos rivais. E tem muito mais na Edição 27 deste sábado.

Ajude a fazer o blog rbrito! Mande sugestões de posts! Opine pelo próprio blog rbrito ou através do www.twitter.com/rbrito1984

Aprecie sem moderação as principais declarações da semana:

CULTURA!

"Me explica pra mim", Neto, comentarista da TV Bandeirantes, sendo ele mesmo.

POETA!

"A Europa quando devolve jogadores parece tudo palmeira que já deu coco", Milton Neves, apresentador da TV Bandeirantes, em mais uma de suas análises aos domingos à noite.

PRECONCEITO?

"Tenho esse objetivo (jogar na Seleção Brasileira), até por este momento de alto nível que passo. Sei que, se jogasse no eixo Rio-São Paulo, as coisas seriam mais fáceis, já poderia ter sido convocado. Futebol para isso eu tenho. Mas ainda não desisti", Thiago Ribeiro, atacante do Cruzeiro, que já jogou no futebol paulista e mesmo assim não foi convocado.

HOMEM-PROBLEMA!

"Todas as medidas possíveis foram tomadas e o assunto (adulteração da idade) está resolvido há muito tempo. Ou seja, acabou. Já faz parte do passado. Não cantei o bonde do Flamengo. Eu cantei uma música que é hit no Rio de Janeiro, assim como outros jogadores e amigos também cantaram. Agora eu quero falar de Corinthians. Flamengo e Fluminense fazem parte do passado", Emerson, atacante do Corinthians, que percebeu logo de cara que a imprensa paulista é bem diferente da imprensa carioca.

ONOMATOPEIA!

"O Neymar perde gol e a torcida do Santos grita "uhuuu". O Zé Eduardo não faz gol e a torcida grita "ahhhh", Casagrande, comentarista da TV Globo, definindo bem as fases opostas vividas pelos atacantes do Santos.

A ESPERANÇA É...

"Quero fazer o tratamento todo certinho para não me prejudicar depois. Vou trabalhar bastante e quero jogar a Copa América. Estou com dor, mas contente com a evolução a cada dia", Alexandre Pato, atacante do Milan-ITA e da Seleção Brasileira, que acredita na medicina verde e amarela.

... A ÚLTIMA QUE MORRE!

"Nossa avaliação é a mesma do Milan. A lesão deixa ele fora dos amistosos. É precipitado dizer se ele vai jogar ou não a Copa América, mas acho que temos tempo para isso. O tratamento já está sendo feito sem interrupções", José Luiz Runco, médico da Seleção Brasileira, que também conta com Pato na Copa América.

ADEUS!

"Pela última vez no Rio vou escutar a torcida gritar meu nome. Tem ainda um amistoso, na Sérvia, que também é importante, ainda mais por se tratar de uma homenagem a mim. Será emocionante", Petkovic, meia, e prestes a pendurar as chuteiras.

TÔ DE VOLTA!
"Isso acontece no futebol. Sei respeitar a decisão do professor. Mesmo não concordando, a gente tem que continuar trabalhando. Sempre fiz isso na minha carreira e não mudaria agora", Danilo, meia do Corinthians, que chegou a ser "esquecido" por Tite.

É TRICOLOR!

"O São Paulo não vai antecipar a rescisão se for para um concorrente direto, mas depois do fim do contrato ele (Alex Silva) pode ir para onde quiser", Adalberto Baptista, diretor do São Paulo, tentando evitar que o zagueiro defenda algum rival.

CABEÇA QUENTE!

"Não entendi nada, cara. É sempre comigo. É f.... Não aguento mais isso. Não foi nada. Não tenho que explicar nada. Vou explicar o quê?", D'Alessandro, meia do Internacional, após ser expulso do treino por ter discutido com Juan.

GENERAL!

"Eles faltaram com respeito perante o grupo. Eles começaram a se xingar, e tem limite. A instituição está acima disso. Mas já é vida nova", Paulo Roberto Falcão, técnico do Internacional, tentando colocar ordem na casa.

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Pausa na rotação!

A Terra vai parar de girar neste sábado. Grande parte da população mundial estará na frente da TV para acompanhar a final da Liga dos Campeões entre Manchester United-ING e Barcelona-ESP. Para você, torcedor-internauta, ficar bem informado antes da grande decisão, o blog rbrito preparou um especial sobre o duelo entre ingleses e espanhois.

Manchester United e Barcelona vão entrar em campo para a final, no Estádio de Wembley, em Londres, na Inglaterra, com históricos bem parecidos. Tanto ingleses, como espanhois foram campeões nacionais e com extrema facilidade. Os Diabos Vermelhos chegaram a sua 19ª taça de Campeonato Inglês, enquanto o time catalão ostenta 20 trofeus do Campeonato Espanhol.

Sem falar que antes da final, a dupla enfrentou adversários do mesmo país que o do rival da decisão. Por exemplo, na primeira fase, o Manchester United duelou contra o Valencia, da Espanha. Venceu o primeiro jogo, fora de casa, por 1 a 0, e empatou o segundo, por 1 a 1. Já o Barça encontrou um adversário inglês nas oitavas-de-final. Pelo segundo ano consecutivo, o time de Messi eliminou o Arsenal. No primeiro desafio, o Barcelona perdeu, por 2 a 1, mas depois passou pelo rival com um triunfo, por 3 a 1.

Mais curiosidades!
As coincidências não param por ai. United e Barça também precisaram eliminar seus maiores rivais antes de chegarem a grande decisão. Com vitórias, por 1 a 0 e 2 a 1, os Diabos Vermelhos despacharam o Chelsea nas quartas-de-final. O time catalão, por sua vez, eliminou o Real Madrid com um triunfo (2 a 0) e um empate (1 a 1).

Se o Barcelona tem o melhor jogador do mundo e artilheiro da Liga dos Campeões em seu elenco (Messi), o Manchester United conta com a melhor campanha. O time inglês está invicto com nove vitórias e três empates. Enquanto isso, o Barcelona tem oito triunfos, três empates e apenas um tropeço.

A dupla ainda viveu momentos mágicos no Estádio de Wembley, em Londres. O primeiro título da Liga dos Campeões conquistado pelo Manchester United, em 1967/68, foi no palco da final deste sábado. O mesmo aconteceu com a primeira taça do Barcelona em 1991/92. São muitas as coincidências!

A final deste sábado não envolverá "apenas" os clubes. Os países também estarão em disputa. Caso, o Manchester United fique com a taça, a Inglaterra terá 12 títulos da Liga dos Campeões, assim como os atuais líderes. Um destes primeiros colocados é a Espanha. Ao lado da Itália, os espanhois contam com 12 taças. Ou seja, se o Barcelona terminar como campeão da temporada 2010/2011, a Espanha sairá como a recordista de títulos europeus.

Histórico de finais!
Manchester United e Barcelona somam três títulos cada na Liga dos Campeões. Aliás, na última vez que os rivais estiveram em uma decisão, o confronto foi justamente entre United e Barça. Em 2009, o Barcelona ficou com o título ao vencer o rival inglês, por 2 a 0. Mas os Diabos Vermelhos têm uma carta na manga.

Os três títulos do time na competição (1968, 1999 e 2008) foram de forma invicta. Em 2011, como o blog rbrito já disse, o United ainda não perdeu. Sem falar que antes deste tropeço, em 2009, o Manchester United manteve 100% de aproveitamento nas finais. Se os ingleses precisaram de quatro finais para ficar com três títulos, os espanhois tiveram que jogar seis decisões.

Os maiores vencedores da Liga dos Campeões são: Real Madrid-ESP (9), Milan-ITA (7), Liverpool-ING (5) e Bayern de Munique-ALE e Ajax-HOL (4).

Você também vai acompanhar a final da Liga dos Campeões? Quem vai ficar com a taça? Opine! Participe pelo próprio blog rbrito ou através do twitter (@rbrito1984)

Confira o desempenho de Barcelona e Manchester United nas finais da Liga dos Campeões:

BARCELONA


1961 (Vice-campeão)
Benfica-POR x Barcelona

1986 (Vice-campeão)
Steaua Bucareste-ROM x Barcelona

1992 (Campeão)
Barcelona x Sampdoria-ITA

1994 (Vice-campeão)
Milan-ITA x Barcelona

2006 (Campeão)
Barcelona x Arsenal-ING

2009 (Campeão)
Barcelona x Manchester United-ING

MANCHESTER UNITED

1968 (Campeão)

Manchester United x Benfica-POR

1999 (Campeão)
Manchester United x Bayern de Munique-ALE

2008 (Campeão)
Manchester United x Chelsea-ING

2009 (Vice-campeão)
Barcelona x Manchester United-ING

Confira a campanha de Barcelona e Manchester United na Liga dos Campeões 2011:

BARCELONA (8 VITÓRIAS, 3 EMPATES E 1 DERROTA)

Primeira fase

Barcelona 5x1 Panathinaikos-GRE
Rubin Kazan-RUS 1x1 Barcelona
Barcelona 2x0 København-DIN
København-DIN 1x1 Barcelona
Panathinaikos-GRE 0x3 Barcelona
Barcelona 2x0 Rubin Kazan-RUS

Oitavas-de-final

Arsenal-ING 2x1 Barcelona
Barcelona 3x1 Arsenal-ING

Quartas-de-final
Barcelona 5x1 Shakhtar Donetsk-UCR
Shakhtar Donetsk-UCR 0x1 Barcelona

Semifinal
Real Madrid-ESP 0x2 Barcelona
Barcelona 1x1 Real Madrid-ESP

MANCHESTER UNITED (9 VITÓRIAS e 3 EMPATES)

Primeira fase

Manchester United 0x0 Rangers-ESC
Valencia-ESP 0x1 Manchester United
Manchester United 1x0 Bursaspor-TUR
Bursaspor-TUR 0x3 Manchester United
Rangers-ESC 0x1 Manchester United
Manchester United 1x1 Valencia-ESP

Oitavas-de-final
Olympique-FRA 0x0 Manchester United
Manchester United 2x1 Olympique-FRA

Quartas-de-final
Chelsea-ING 0x1 Manchester United
Manchester United 2x1 Chelsea-ING

Semifinal

Schalke 04-ALE 0x2 Manchester United
Manchester United 4x1 Schalke 04-ALE

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Só em 2012!

Agora é oficial! As Séries A1, A2 e A3 do Campeonato Paulista estão encerradas. O blog rbrito, com a colaboração do torcedor-internauta Marcos Neves, se despedirá dos Estaduais nesta quinta-feira. Como prometido, o blog rbrito mostrará os rankings finais de forma separada.

Mais no blog rbrito:
Paulistão se despediu em grande estilo e arquibancadas cheias!


O Penapolense conquistou o acesso à Série A2, assim como Santacruzense, São Carlos e Velo Clube. No último domingo, o CAP ainda faturou a taça da Série A3 e teve seu melhor público na competição. No segundo jogo da final, o Penapolense contou com o apoio de 3 mil pagantes.

A média do Penapolense vinha sendo de 491 pagantes, seis vezes menor que o público de domingo. Com as arquibancadas cheias, o time de Penápolis saiu da 50ª posição no geral para a 45ª, com média de 684 pagantes.

Daqueles clubes que conquistaram o acesso, o Velo Clube foi o time que terminou melhor colocado - 30º lugar e média de 1.122 pagantes. Santacruzense e São Carlos ficaram lado a lado. O time de Santa Cruz do Rio Pardo, com média de 897 pagantes, ficou na 39ª posição, enquanto o São Carlos foi o 40º, com média de 857.



A vez deles!
O blog rbrito já exaltou os cinco primeiros colocados no ranking da Série A1 - Corinthians, São Paulo, Palmeiras, São Bernardo e Santos. Nesta quinta-feira, será a vez de olharmos para aqueles times que estão na disputa da Série B.

O melhor colocado é o Bragantino. O time de Bragança Paulista terminou no sexto lugar no ranking da A1, com média de 4.446 pagantes, contra 4.113 da Ponte Preta. O Americana ficou na décima posição do ranking da A1, com média de 3.194. Já a Portuguesa aparece na modesta 12ª colocação (3.012) e o São Caetano no 17º lugar (2.091).



Papa Tudo!
O XV de Piracicaba foi o grande vencedor na Série A2. Além do acesso e do título, o Nhô Quim ainda teve a melhor média de público da competição - 6.465 pagantes. Além do XV, São José (4.232), Guarani (4.013), Comercial (2.899) e São Bento (1.384) superaram a marca de mil pagantes.

Em compensação, Palmeiras B e Pão de Açúcar, sequer, ultrapassaram a marca de 200 pagantes. O Alviverde Paulista mandou seus jogos em Jaguariúna e terminou com média de apenas 175 pagantes. O PAEC foi o penúltimo colocado do ranking da A2 e média de 192.



Briga boa!
A Votuporanguense está de volta ao topo no ranking da Segundona. A Alvinegra levou 2.336 pagantes ao seu último jogo e chegou a 1.665 de média. O Jaboticabal, que não teve seu público revelado, caiu para a segunda colocação (1.340). O Guaçuano é outro time que faz bonito.

O time de Mogi Guaçu, além de ostentar 100% de aproveitamento e liderar seu grupo, com nove pontos, tem a terceira melhor média de público da competição - 1.053 pagantes. Na última rodada, o Guaçuano levou 1.100 torcedores ao Camachão. Por fim, o Américo Brasiliense também superou a marca de mil pagantes (1.018).

Já o menor público da rodada ficou por conta do São Judas Tadeu. Apenas 22 testemunhas pagaram ingresso para acompanhar a estreia do time em casa. Agora, o São Judas Tadeu é o lanterna no ranking geral, seguido pelo Joseeense (39), Olé Brasil (52) e Sumaré (53).



Panorama!
Em 200 jogos com a presença de público, o Paulistão teve média geral de 5.736 pagantes. A Série A2, com 199 partidas, apresentou média geral de 1.535. O número cai ainda mais na Série A3 (196 jogos e média de 747). Na Segundona, com 69 jogos, a média é de 317 pagantes. Por fim, juntando as quatro divisões, são 664 jogos com público e média de 2.441.

Explicações!

O Santo André disputou dois jogos, em casa, com os portões fechados. Na Série A2, Rio Preto, Rio Branco, União Barbarense, São José, Pão de Açúcar e Comercial jogaram uma vez cada com os portões fechados.

Na Série A3, Inter de Bebedouro, Lemense, Taubaté e Osvaldo Cruz também jogaram uma partida com os portões fechados. O Taquaritinga disputou dois jogos com os portões fechados e o Flamengo quatro.

Por fim, na Segundona Paulista, o duelo entre Atibaia e Primavera foi adiado. O mesmo aconteceu com Cotia e Atibaia. São Vicente e Bandeirante disputaram duas partidas com os portões fechados. Palmeirinha, Brasilis, Cal Bariri e Atibaia jogaram sem torcida apenas uma vez. Já a partida entre Jaboticabal e Olé Brasil não teve o público divulgado pela FPF.

Ajude a divulgar a média de público e o blog rbrito! Participe! Opine pelo próprio blog rbrito ou através do twitter (@rbrito1984)

Carimbo no peito!

Campeão do Campeonato Brasileiro 2010, o Fluminense começou com o pé esquerdo na Edição 2011. O Tricolor carioca sucumbiu diante do São Paulo (2 a 0). Mas o Flu não está sozinho quando o assunto é faixa carimbada, como mostra o blog rbrito, nesta quinta-feira, com colaboração total do torcedor-internauta Ricardo Almeida!

Mais no blog rbrito:
Primeira rodada do Brasileirão 2011 teve a segunda pior média de gols na Era dos pontos corridos!


Contando todos os campeões brasileiros, inclusive Taça Brasil e Torneio Roberto Gomes Pedrosa, o Fluminense foi o 16º clube que teve a faixa carimbada. Aliás, a síndrome do carimbo na faixa vem desde 2008, quando o São Paulo perdeu para o Grêmio, por 1 a 0.

Na temporada seguinte, os tricolores carioca e paulista se enfrentaram novamente em uma estreia. O time do Morumbi, Tricampeão, perdeu para o Fluminense (1 a 0). Em 2010, o Flamengo não passou vergonha, mas também não triunfou – empate, por 1 a 1 com o São Paulo. Desde 2007 o São Paulo está envolvido em uma estreia, seja como vilão ou vítima.

Mas o primeiro campeão Brasileiro a ter a faixa carimbada foi o Palmeiras. Campeão da Taça Brasil, em 1964, o Verdão foi surpreendido pelo Santos e apanhou de 4 a 2. Campeão também em 1967, o Palmeiras desistiu de disputar a Taça Brasil de 1968.

Outro lado!
Dos 54 jogos que o blog rbrito analisou, os campeões nacionais empataram 11 vezes na estreia da temporada seguinte e triunfaram em 27 oportunidades. O Bahia, que faturou o primeiro título nacional da história do futebol brasileiro – a Taça Brasil de 1959 -, estreou em 1960 com uma vitória sobre o Santa Cruz-SE, por 3 a 1.

Mas a maior vitória de um campeão no ano seguinte é do Internacional. Em 1976, já no Campeonato Brasileiro, o Colorado não tomou conhecimento do Figueirense e goleou, por inacreditáveis 6 a 0.

Explicações!

Como tivemos três torneios diferentes (Taça Brasil, Roberto Gomes Pedrosa e Campeonato Brasileiro), alguns deles acontecendo no mesmo ano (67 e 68), resolvemos não misturá-los. O campeão de um torneio era pesquisado na edição subsequente do mesmo torneio.

Só existem duas exceções, em 1969 e 1971. Como a Taça Brasil foi extinta, o campeão de 1968 (Botafogo) foi pesquisado no Roberto Gomes Pedrosa de 1969. E depois, como o Robertão deu lugar ao Campeonato Brasileiro, o resultado do Fluminense, campeão de 1970, foi pesquisado no torneio de 1971. Isso acabou fazendo com que o Robertão de 69 tivesse dois jogos de interesse.

Em 1977, o Operário F.C., de Campo Grande, ainda era um time do Mato Grosso, pois só no ano seguinte, surgiu o Estado do Mato Grosso do Sul. Por fim, já que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) reconhece Sport e Flamengo como campeões de 1987, os dois tiveram seus jogos de estreia em 1988 relatados pelo blog rbrito.

Participe você também no blog rbrito! Opine aqui mesmo ou através do twitter (@rbrito1984)

Confira a estreia dos campeões (em maiúsculas) brasileiros:

- Taça Brasil

1960    BAHIA 3 x 1 Santa Cruz-SE
1961    PALMEIRAS 2 x 0 Coritiba
1962    Sport 1 x 1 SANTOS
1963    Grêmio 1 x 3 SANTOS
1964    Atlético-MG 1 x 4 SANTOS
1965    SANTOS 4 x 2 Palmeiras
1966    Náutico 0 x 2 SANTOS
1967    CRUZEIRO 2 x 1 Náutico
1968    PALMEIRAS desistiu
1969    Internacional 3 x 1 BOTAFOGO (jogo do RGP)

- Torneio Roberto Gomes Pedrosa (RGP)

1968    PALMEIRAS 1 x 0 Náutico
1969    Grêmio 2 x 1 SANTOS
1970    São Paulo 0 x 2 PALMEIRAS
1971    Internacional 0 x 0 FLUMINENSE (jogo do Campeonato Brasileiro)

- Campeonato Brasileiro

1972    ATLÉTICO-MG 0 x 1 Vasco
1973    Remo 0 x 2 PALMEIRAS
1974    PALMEIRAS 4 x 3 Santa Cruz
1975    VASCO 2 x 1 Grêmio
1976    INTERNACIONAL 6 x 0 Figueirense
1977    Operário de Campo Grande (MT->MS) 0 x 0 INTERNACIONAL (antes da criação do estado do MS)
1978    SÃO PAULO 2 X 0 Fortaleza
1979    XV de Piracicaba 0 x 2 GUARANI
1980    INTERNACIONAL 1 x 2 Itabaiana
1981    FLAMENGO 0 x 0 Santos
1982    São José-SP 1 x 0 GRÊMIO
1983    FLAMENGO 2 x 0 Santos
1984    FLAMENGO 1 x 0 Palmeiras
1985    FLUMINENSE 2 x 1 Santos
1986    CORITIBA 0 x 1 São Paulo
1987    Flamengo 0 x 2 SÃO PAULO
1988    Vasco 1 x 0 FLAMENGO
    Santa Cruz 0 x 1 SPORT
1989    BAHIA 1 x 2 Fluminense
1990    Vitória 2 x 0 VASCO
1991    CORINTHIANS 1 x 1 Vitória
1992    Santos 1 x 1 SÃO PAULO
1993    Bahia 1 x 1 FLAMENGO
1994    PALMEIRAS 4 x 1 Paraná
1995    PALMEIRAS 3 x 0 Guarani
1996    BOTAFOGO 1 x 0 Grêmio
1997    GRÊMIO 0 x 0 São Paulo
1998    VASCO 0 x 1 Corinthians
1999    Gama 2 x 4 CORINTHIANS
2000    Goiás 3 x 0 CORINTHIANS
2001    Gama 0 x 0 VASCO
2002    Guarani 2 x 1 ATLÉTICO-PR
2003    SANTOS 2 x 2 Paraná
2004    CRUZEIRO 2 x 1 Juventude
2005    SANTOS 4 x 1 Paysandu
2006    Grêmio 2 x 0 CORINTHIANS
2007    SÃO PAULO 2 x 0 Goiás
2008    SÃO PAULO 0 X 1 Grêmio
2009    Fluminense 1 x 0 SÃO PAULO
2010    FLAMENGO 1 x 1 São Paulo
2011    FLUMINENSE 0 x 2 São Paulo

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Raio-X A3

Após 206 jogos, a Série A3 do Campeonato Paulista foi encerrada no último domingo com o título do Penapolense. Santacruzense, Velo Clube e São Carlos foram os outros clubes que conquistaram o acesso à Série A2. Nesta quarta-feira, o blog rbrito, com a colaboração do torcedor-internauta Ricardo Almeida, apresenta o levantamento completo da competição.

Mais no blog rbrito:
Série A2 teve média de gols superior a elite do Paulistão!


A Série A3 teve 560 gols marcados e média de 2,72, atrás da Série A2 (2,76), mas na frente da Série A1 (2,54). Os clubes mandantes balançaram as redes em 324 oportunidades, contra 236 dos visitantes. Estes tentos ajudaram os donos da casa vencerem 96 vezes. Ainda ocorreram outros 56 empates e 54 triunfos dos visitantes.

A Série A1 teve como resultado mais repetido a vitória, por 1 a 0, enquanto o empate, por 1 a 1, se destacou na Série A2. Mas na Série A3, o placar que mais vezes apareceu nos jogos foi a vitória, por 2 a 1, em 39 oportunidades. O resultado magro de 1 a 0 aconteceu 35 vezes, contra 26 do empate, por 1 a 1.

Mais gols!
A segunda rodada presenciou a maior goleada da competição. O Grêmio Osasco, bicho-papão da primeira fase, meteu 6 a 1 no Taboão da Serra. Mas a partida com o maior número de gols apareceu na fase final, quando a Santacruzense passou pelo Flamengo, por 5 a 3.

Se direcionarmos nosso foco ao quarteto que subiu, poderemos observar que a maior vitória do Penapolense foi, por 4 a 0, sobre a Inter de Bebedouro. O campeão da A3, porém, caiu diante de XV de Jaú e Velo Clube, por 2 a 1. No caso das derrotas são piores - entre aquelas com mesmo saldo - aquelas com menos gols do time analisado.

A pior derrota da Santacruzense foi, por 4 a 1, para o São Carlos. O time de Santa Cruz do Rio Pardo ainda fez 3 a 0 no Flamengo. Já o São Carlos enfiou 4 a 1 na Santacruzense e na Franacana. Seu pior tropeço foi diante do Batatais (3 a 1 e em duas oportunidades). Por fim, o Velo Clube venceu o Taubaté, por 4 a 1, e perdeu para Paulínia e Barueri, por 2 a 0.

Qual ponto te chamou mais atenção deste levantamento? Participe! Opine pelo blog rbrito ou através do www.twitter.com/rbrito1984

Confira TODOS os números da Série A3 do Paulistão 2011:

RESUMÃO:


206 jogos
560 gols
2,72 gols por jogo
324 gols de mandantes
236 gols de visitantes
Gols de mandantes por jogo: 1,57
Gols de visitantes por jogo: 1,15
Vitórias de mandante: 96 (diferença média: 1,71)
Empates: 56 (placar médio: 1,13 x 1,13)
Vitórias de visitante: 54 (diferença média: 1,41)

FREQUÊNCIA DE RESULTADOS:


2 x 1 (39)
1 x 0 (35)
1 x 1 (26)
2 x 0 (21)
2 x 2 (17)
3 x 1 (16)
3 x 0 (13)
0 x 0 (12)
3 x 2 (12)
4 x 1 (6)
4 x 2 (4)
4 x 0 (2)
3 x 3 (1)
5 x 3 (1)
6 x 1 (1)

DIFERENÇA E GOLS:


- Maior diferença de gols (5): 2ª rodada - Grêmio Osasco 6 x 1 Taboão da Serra
- Mais gols em um jogo (8): 23ª rodada - Flamengo 3 x 5 Santacruzense
- Mais gols de um time (6): 2ª rodada - Grêmio Osasco 6 x 1 Taboão da Serra
- Maior vitória do mandante (5): 2ª rodada - Grêmio Osasco 6 x 1 Taboão da Serra
- Maior vitória do visitante (4): 17ª rodada - Itapirense 0 x 4 Juventus
- Maior empate (3x3): 9ª rodada - Batatais 3 x 3 Penapolense

MAIORES PLACARES:

1ª rodada: Paulínia 3 x 0 Juventus / Taboão da Serra 0 x 3 Flamengo
2ª rodada: Grêmio Osasco 6 x 1 Taboão da Serra
3ª rodada: Juventus 4 x 1 Barueri
4ª rodada: Taboão da Serra 2 x 4 Barueri
5ª rodada: Francana 1 x 3 XV de Jaú
6ª rodada: Velo Clube 3 x 0 Taboão da Serra
7ª rodada: Internacional 3 x 2 Juventus / Batatais 2 x 3 Santacruzense
8ª rodada: Penapolense 3 x 0 Lemense / Flamengo 0 x 3 Velo Clube
9ª rodada: São Carlos 4 x 1 Francana
10ª rodada: XV de Jaú 3 x 1 Lemense
11ª rodada: Itapirense 3 x 1 Barueri
12ª rodada: Francana 0 x 3 Penapolense
13ª rodada: São Carlos 3 x 0 Inter de Bebedouro
14ª rodada: Penapolense 3 x 0 Taquaritinga
15ª rodada: Batatais 3 x 1 São Carlos
16ª rodada: Penapolense 4 x 0 Inter de Bebedouro
17ª rodada: Itapirense 0 x 4 Juventus
18ª rodada: Flamengo 3 x 1 Paulínia
19ª rodada (2F1): São Carlos 4 x 1 Santacruzense
20ª rodada (2F2): Velo Clube 3 x 0 XV de Jaú / Santacruzense 3 x 0 Flamengo
21ª rodada (2F3): Taubaté 4 x 1 XV de Jaú
22ª rodada (2F4): Grêmio Osasco 1 x 3 Santacruzense
23ª rodada (2F5): Flamengo 3 x 5 Santacruzense
24ª rodada (2F6): Velo Clube 4 x 1 Taubaté
25ª rodada (F1): Santacruzense 0 x 2 Penapolense
26ª rodada (F2): Penapolense 2 x 1 Santacruzense

MELHOR E PIOR:


- Barueri: 4 x 2 contra Taboão da Serra e Paulínia / 1 x 4 contra Juventus
- Batatais: 4 x 1 contra XV de Jaú / 0 x 2 contra Taquaritinga
- Flamengo: 3 x 0 contra Taboão da Serra / 0 x 3 contra Grêmio Osasco, Velo Clube, Santacruzense e Velo Clube
- Francana: 2 x 1 contra Inter de Bebedouro, Batatais, Taquaritinga / 0 x 3 contra Penapolense
- Grêmio Osasco: 6 x 1 contra Taboão da Serra / 0 x 3 contra Itapirense
- Inter de Bebedouro: 2 x 0 contra Taquaritinga / 0 x 4 contra Penapolense
- Internacional: 2 x 0 contra Flamengo, Paulínia, Taboão da Serra e Grêmio Osasco / 0 x 2 contra Grêmio Osasco
- Itapirense: 3 x 0 contra Grêmio Osasco / 0 x 4 contra Juventus
- Juventus: 4 x 0 contra Itapirense / 0 x 3 contra Paulínia
- Lemense: 2 x 1 contra Osvaldo Cruz / 0 x 3 contra Penapolense
- Osvaldo Cruz: 2 x 0 contra Taquaritinga / 0 x 2 contra Santacruzense
- Paulínia: 3 x 0 contra Juventus / 0 x 2 contra Velo Clube e Internacional
- Penapolense: 4 x 0 contra Inter de Bebedouro / 1 x 2 contra XV de Jaú e Velo Clube
- Santacruzense: 3 x 0 contra Flamengo / 1 x 4 contra São Carlos
- São Carlos: 4 x 1 contra Francana e Santacruzense / 1 x 3 contra Batatais e Batatais (duas vezes)
- Taboão da Serra: 3 x 1 contra Itapirense / 1 x 6 contra Grêmio Osasco
- Taquaritinga: 2 x 0 contra Batatais / 0 x 3 contra Penapolense
- Taubaté: 4 x 1 contra XV de Jaú / 1 x 4 contra Velo Clube
- Velo Clube: 4 x 1 contra Taubaté / 0 x 2 contra Paulínia e Barueri
- XV de Jaú: 3 x 1 contra Lemense, Lemense (duas vezes) e Francana / 0 x 3 contra Velo Clube

Caravelas ao mar!

Com o apoio de 19.136 pagantes, o Vasco conseguiu subir uma posição no ranking de público da Copa do Brasil, como mostra o blog rbrito, nesta quarta-feira. Mais uma vez o torcedor-internauta Marcos Neves colaborou com os números. O time carioca pulou da sexta para a quinta colocação, com média de 15.977 pagantes.

Mais no blog rbrito:
Dos semifinalistas, apenas um clube não empolga seu torcedor!


O Murici-AL, eliminado na primeira fase pelo Flamengo, caiu para o sexto lugar, com média de 15.100 pagantes. Mesmo com esta subida, o Vasco ainda está atrás do Ceará. O Vovô é o clube da semifinal com a melhor média de público pagante da Copa BR. No último jogo, o time de Vágner Mancini teve a presença de 12.101 pagantes. A média do Ceará é de 16.211.

Na rodada que está por vir, o Coritiba, que jogará em casa, também deve passar o Murici. Já o Avaí pode melhorar sua posição e subir dois degraus. Enquanto o Coxa ocupa o 7º lugar, com média de 14.908 pagantes, o time catarinense aparece na modesta 25ª posição e média de 8.104.

O Santo Cruz terminará na primeira colocação. O Tricolor pernambucano tem média de 46.681 pagantes. Goiás (28.526) e São Paulo (25.475) também dificilmente perderão seus postos no ranking da competição. No geral são 107 jogos e média de 8.001 pagantes. O público total da Copa do Brasil está em 856.155.

A rodada!
Os finalistas serão definidos, nesta quarta-feira, às 21h50. Após empatarem sem gols em Fortaleza, Ceará e Coritiba voltam a duelar em Curitiba. Qualquer empate com gols classifica o Ceará. Novo empate, por 0 a 0, leva a decisão para os pênaltis.

A situação de Vasco e Avaí é parecida. Os rivais ficaram no 1 a 1 no Rio de Janeiro. Em Santa Catarina, resultado sem gols classificará o Avaí. Empate acima de um gol dará Vasco. Nova igualdade, por 1 a 1, leva a decisão para as penalidades máximas.

Mais do mesmo!
Os números em azul precisam ser confirmados pela nada organizada Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Sem falar que o blog rbrito arrumou alguns equívocos da entidade. No site oficial, a CBF colocou o público total do Cuiabá e não o pagante. No público do Bangu, a CBF aumentou 200 pagantes a favor do clube do Rio de Janeiro.

Participe do blog rbrito! Sugira pautas! Critique! Opine aqui no blog rbrito ou via twitter (@rbrito1984)


terça-feira, 24 de maio de 2011

Raio-X A2

O XV de Piracicaba foi campeão da Série A2 do Campeonato Paulista após empatar, por 2 a 2, com o Guarani e vencer na disputa por pênaltis. Em outras sete oportunidades, uma partida da A2, em 2011, terminou empatada em dois gols. Com o post, desta terça-feira, o blog rbrito encerrará a Série A2. Os números são do torcedor-internauta Ricardo Almeida.

Mais no blog rbrito:
Números e curiosidades no Raio-X da Série A1 do Paulistão!


O placar mais repetido na competição, porém, foi o empate, por 1 a 1. O resultado aconteceu em 34 jogos. Em outras 33 oportunidades, a partida acabou com o magro resultado de 1 a 0. Para fechar o Top 3, a vitória, por 2 a 1, foi registrada 31 vezes – 30 a mais que os placares 4 x 3, 5 x 1 e 6 x 1.

Com três jogos a mais que a Série A1 (205 contra 202), a Série A2 também teve média de gols superior ao da elite (2,76 contra 2,54). Os clubes mandantes anotaram 316 tentos, enquanto os visitantes fizeram 250. Nestes 205 jogos aconteceram 96 vitórias dos times da casa, 61 empates e 48 triunfos dos visitantes.

Bola na rede!
A maior diferença de gols aconteceu na 12ª rodada, quando o Pão de Açúcar goleou o União Barbarense, em casa, por 6 a 0. Mas foi na fase final em que a rede balançou por mais vezes: oito ao todo. Naquela oportunidade, o Rio Preto, mesmo jogando em casa, foi derrotado pelo Comercial, por 5 a 3.

Além do XV de Piracicaba, Catanduvense, Comercial e Guarani também conquistaram o acesso à Série A1. A melhor vitória do time de Catanduva foi de 3 a 0 sobre o Comercial. Já a pior derrota do Catanduvense foi, por 1 a 0, para União São João e para o próprio Comercial. No caso das derrotas são piores - entre aquelas com mesmo saldo - aquelas com menos gols do time analisado.

O Comercial, por sua vez, tem com melhor triunfo os 5 a 3 sobre o Rio Preto. Em compensação foi derrotado, por 3 a 0, para o Catanduvense e União São João. O Guarani passou por São Bento e Rio Branco, por 3 a 0. Mas sua pior derrota foi de goleada – 5 a 0 para o Pão de Açúcar.

Por fim, o campeão XV de Piracicaba tem, como melhor resultado os 4 a 1 sobre São José, Rio Branco e Monte Azul. A pior derrota foi modesta, “apenas” 2 a 0 para o Red Bull.

Qual ponto te chamou mais atenção deste levantamento? Participe! Opine pelo blog rbrito ou através do www.twitter.com/rbrito1984

Confira TODOS os números da Série A2 do Paulistão 2011:

RESUMÃO:


205 jogos
566 gols
2,76 gols por jogo
316 gols dos mandantes
250 gols dos visitantes
Gols dos mandantes por jogo: 1,54
Gols dos visitantes por jogo: 1,22
Vitórias dos mandantes: 96 (diferença média de gols: 1,57)
Empates: 61 (placar médio: 1,11 x 1,11)
Vitórias dos visitantes: 48 (diferença média de gols: 1,77)

FREQUÊNCIA DE RESULTADOS:

1 x 1 (34)
1 x 0 (33)
2 x 1 (31)
2 x 0 (26)
3 x 2 (16)
3 x 1 (14)
0 x 0 (13)
2 x 2 (8)
3 x 0 (7)
3 x 3 (6)
4 x 1 (5)
5 x 0 (3)
4 x 0 (2)
4 x 2 (2)
4 x 3 (2)
5 x 2 (1)
5 x 3 (1)
6 x 0 (1)

DIFERENÇA E GOLS:

- Maior diferença de gols (6): 12ª rodada - Pão de Açúcar 6 x 0 União Barbarense
- Mais gols em um jogo (8): 24ª rodada - Rio Preto 3 x 5 Comercial
- Mais gols de um time (6): 12ª rodada - Pão de Açúcar 6 x 0 União Barbarense
- Maior vitória do mandante (6): 12ª rodada - Pão de Açúcar 6 x 0 União Barbarense
- Maior vitória do visitante (5): 1ª rodada - Rio Branco 0 x 5 São José / 18ª rodada - Sertãozinho 0 x 5 Ferroviária
- Maiores empates (3x3): 6ª rodada - Sertãozinho 3 x 3 América e XV de Piracicaba 3 x 3 Atlético Sorocaba / 14ª rodada - Palmeiras B 3 x 3 Pão de Açúcar / 15ª rodada - América 3 x 3 Sertãozinho / 16ª rodada - Red Bull 3 x 3 Guarani / 22ª rodada - Guarani 3 x 3 Comercial

MAIORES PLACARES:

1ª rodada: Rio Branco 0 x 5 São José
2ª rodada: São José 1 x 4 XV de Piracicaba
3ª rodada: Catanduvense 3 x 0 Comercial
4ª rodada: Catanduvense 3 x 1 Marília
5ª rodada: Pão de Açúcar 2 x 0 Palmeiras B / Rio Branco 2 x 0 Red Bull / Marília 2 x 0 União São João
6ª rodada: São Bento 0 x 3 Pão de Açúcar
7ª rodada: Atlético Sorocaba 2 x 0 Rio Branco / Palmeiras B 0 x 2 São Bento
8ª rodada: União Barbarense 4 x 1 Rio Branco
9ª rodada: Rio Preto 2 x 0 Rio Claro / Atlético Sorocaba 2 x 0 São José / Guarani 2 x 0 União Barbarense / Catanduvense 2 x 0 União São João
10ª rodada: Rio Claro 3 x 1 Comercial / São José 3 x 1 Rio Branco
11ª rodada: Marília 5 x 2 Sertãozinho
12ª rodada: Pão de Açúcar 6 x 0 União Barbarense
13ª rodada: Pão de Açúcar 5 x 0 Guarani
14ª rodada: São Bento 0 x 2 Atlético Sorocaba
15ª rodada: Pão de Açúcar 4 x 0 São Bento
16ª rodada: Rio Branco 0 x 3 Atlético Sorocaba
17ª rodada: Ferroviária 0 x 4 Monte Azul
18ª rodada: Sertãozinho 0 x 5 Ferroviária
19ª rodada (2F1): Guarani 2 x 0 São José
20ª rodada (2F2): Rio Preto 1 x 3 Guarani
21ª rodada (2F3): Rio Preto 3 x 1 São José
22ª rodada (2F4): São José 4 x 1 Rio Preto
23ª rodada (2F5): Monte Azul 1 x 4 XV de Piracicaba
24ª rodada (2F6): Rio Preto 3 x 5 Comercial
25ª rodada (F): XV de Piracicaba 2 x 2 Guarani

MELHOR E PIOR:


- América: 2 x 0 contra Monte Azul / 1 x 3 contra Ferroviária e Rio Preto
- Atlético: 3 x 0 contra Pão de Açúcar e Rio Branco / 1 x 3 São José e XV de Piracicaba
- Catanduvense: 3 x 0 contra Comercial / 0 x 1 contra Comercial e União São João
- Comercial: 5 x 3 contra Rio Preto / 0 x 3 contra Catanduvense e União São João
- Ferroviária: 5 x 0 cotnra Sertãozinho / 0 x 4 contra Monte Azul
- Guarani: 3 x 0 contra São Bento e Rio Branco / 0 x 5 contra Pão de Açúcar
- Marília: 5 x 2 contra Sertãozinho / 0 x 2 contra Rio Preto
- Monte Azul: 4 x 0 contra Ferroviária / 1 x 4 contra XV de Piracicaba
- Palmeiras B: 2 x 0 contra São Bento / 0 x 2 contra Pão de Açúcar, Guarani e São Bento
- Pão de Açúcar: 6 x 0 contra União Barbarense / 0 x 3 contra Atlético
- Red Bull: 4 x 2 contra Pão de Açúcar / 0 x 2 contra Rio Branco e XV de Piracicaba
- Rio Branco: 2 x 0 contra Red Bull / 0 x 5 contra São José
- Rio Claro: 3 x 1 contra Comercial / 0 x 2 contra Rio Preto e Catanduvense
- Rio Preto: 3 x 1 contra América, Sertãozinho e São José / 1 x 4 contra São José
- São Bento: 2 x 0 contra Palmeiras B e Rio Branco / 0 x 4 contra Pão de Açúcar
- São José: 5 x 0 contra Rio Branco / 1 x 4 contra XV de Piracicaba
- Sertãozinho: 2 x 0 contra União São João / 0 x 5 contra Ferroviária
- União Barbarense: 4 x 1 contra Rio Branco / 0 x 6 contra Pão de Açúcar
- União São João: 3 x 0 contra Comercial / 0 x 2 contra Marília, Catanduvense e Sertãozinho
- XV de Piracicaba: 4 x 1 contra São José, Rio Branco e Monte Azul / 0 x 2 contra Red Bull

Rivalidade nacional!

Sem descanso, as Séries A e B do Campeonato Brasileiro começaram na última semana. Já nesta terça-feira, a Série B terá a sua segunda rodada disputada. Para não ficar atrás, o blog rbrito, sempre com a colaboração do torcedor-internauta Marcos Neves, apresentará as médias de público pagante dos primeiro jogos.

Alguns sites especializados até se animam e mostram as médias nas primeiras rodadas das competições. Mas só o blog rbrito acompanha rodada após rodada os números das Séries A, B, C e D do Brasileirão. Acesse todos os dias o blog rbrito e saiba das novidades!

Mais no blog rbrito:
Primeira rodada do Brasileirão 2011 teve a segunda pior média de gols na Era dos pontos corridos!


A Série A começou com um público total de 100.190 pagantes e média de 10.019. O Grêmio decepcionou seus torcedores ao perder para o Corinthians, por 2 a 1, mesmo assim é o primeiro clube na liderança do ranking, com média de 19.002 pagantes.

O Coritiba, sensação da temporada 2011, aparece logo atrás com média de 16.546 pagantes. A terceira colocação também não é nenhuma surpresa. Mesmo o Palmeiras tendo jogado em São José do Rio Preto, interior de São Paulo, seu torcedor apoiou em bom número - 13.700 pagantes.

Por outro lado, a pior média da primeira rodada causou certa estranheza. O América-MG, de volta à elite, levou apenas 1.253 pagantes a seu estádio. No Campeonato Mineiro, o Coelho terminou com média de 3.554. O Santos, por sua vez, conta com uma explicação para o baixo público.

Apenas 4.532 pagantes acompanharam o empate, por 1 a 1, com o Internacional. Mas os torcedores praianos estão guardando dinheiro para o jogo desta quarta-feira pela semifinal da Libertadores.



Inverteu!
O foco da Série B serão os piores públicos. Tudo bem que o Americana jogou em Sorocaba, mas é lamentável estrear com um público de 54 testemunhas. O Bragantino também passou vergonha com sua média de apenas 559. Na Série A1 do Paulistão, o time de Bragança Paulista esteve de bem com seus torcedores e terminou na sexta colocação, com média de 4.446 pagantes.

Sem perder tempo, o blog rbrito pula para o topo da tabela. Não foi nenhuma surpresa a liderança do Sport. Com uma torcida apaixonada, o Leão da Ilha levou 18.583 pagantes ao jogo de estreia. Apenas o Sport ultrapassou a barreira dos dez mil pagantes.

O Salgueiro-PE também fez bonito nas arquibancadas. O time teve o segundo melhor público da competição (8.399). Foi um grande avanço para o caçula da Série B. No Estadual, o clube teve a pior média de público, com míseros 199 pagantes.

Mas no geral, a Série B não empolgou. Em dez jogos, a competição conseguiu público total de 52.549 pagantes e média modesta de 5.255. Se juntarmos as Séries A e B teremos média geral de 7.638 pagantes.



Faça parte do blog rbrito! Envie sugestões de posts! Participe! Opine aqui ou através do www.twitter.com/rbrito1984

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Raio-X A1

O blog rbrito irá encerrar, nesta semana, as Séries A1, A2 e A3 do Campeonato Paulista. Como todos sabem, Santos, XV de Piracicaba e Penapolense, respectivamente, foram os campeões das três principais divisões do Estado de São Paulo. E nada melhor do que esmiuçar estas competições. O levantamento neste post é mais uma colaboração do fiel torcedor-internauta Ricardo Almeida.

O Campeonato Paulista 2011 teve 202 jogos disputados e 513 gols marcados. Média boa de 2,54 por jogo. Para se ter uma ideia, a primeira rodada do Campeonato Brasileiro teve média de apenas 2,4 (Veja o post aqui!). Deste total de tentos, 286 foram marcados pelos mandantes e 227 pelos visitantes. O Paulistão ainda contou com 90 vitórias dos donos da casa, 48 empates e 64 triunfos dos visitantes.

Outro dado interessante levantado por Ricardo Almeida é sobre a frequência de resultados. Este foco já foi utilizado pelo blog rbrito durante a Copa do Mundo 2010. No Paulistão, o resultado que mais apareceu foi o famoso 1 a 0, em 39 oportunidades. Por 36 vezes o jogo acabou 2 a 0. Fechando o Top 3, o placar de 2 a 1 esteve presente em 25 oportunidades.

Mas o Estadual de São Paulo também contou com jogos recheados de gols, em menos oportunidades, é claro. Os torcedores acompanharam apenas uma vez as goleadas, por 6 a 1 e 5 a 1, assim como o 4 a 3. Já o empate, por 3 a 3, teve em três partidas.

História!

Há ainda desdobramentos desta frequência de resultados. Por exemplo, a maior vitória de um mandante na Edição 2011 do Campeonato Paulista aconteceu na 17ª rodada, quando o São Caetano enfiou impiedosos 6 a 1 no rival São Bernardo. Este placar também é o de maior diferença de gols e o jogo em que a rede mais balançou, assim como a vitória do São Paulo sobre o Americana, por 4 a 3, na segunda rodada.

O que dizer dos maiores placares por rodada? O blog rbrito levou em consideração a diferença de gols e depois o número de gols. Assim, em dez oportunidades, o visitante passou pelo clube mandante com o maior placar de uma rodada. O Americana, simplesmente, meteu 5 a 1 no Noroeste. Paulista e Linense golearam Santo André e Botafogo, respectivamente, por 4 a 0.

Em outras 18 oportunidades, os mandantes tiveram os maiores placares da rodada. Cinco rodadas tiveram mais de um placar repetido. A menor diferença entre os maiores placares aconteceu no primeiro jogo das finais, quando a Ponte Preta passou pelo Oeste, por 2 a 1.

Seu time!
A lupa do blog rbrito ainda analisou cada um dos 20 clubes. Nesta parte do Super Post, vamos mostrar os melhores e piores resultados de cada time. Campeão Estadual, o Santos conseguiu seu melhor triunfo na goleada, por 4 a 1, sobre o Linense. Por outro lado, seu pior tropeço foi no clássico contra o Corinthians (3 a 1).

Já o Oeste, vencedor do Título do Interior, enfiou 4 a 0 no Noroeste, mas apanhou de 3 a 0 do Corinthians. Ponte Preta, Portuguesa e Santos André têm dois jogos entre os melhores placares. Em compensação, o São Paulo é o único clube que ostenta dois resultados como piores derrotas.

Qual ponto te chamou mais atenção deste levantamento? Participe! Opine pelo blog rbrito ou através do www.twitter.com/rbrito1984

Confira TODOS os números da Série A1 do Paulistão 2011:

RESUMÃO:


202 jogos
513 gols
2,54 gols por jogo
286 gols dos mandantes
227 gols dos visitantes
Gols dos mandantes por jogo: 1,42
Gols dos visitantes por jogo: 1,12
Vitórias dos mandantes: 90 (diferença média de gols: 1,83)
Empates: 48 (placar médio: 0,98 x 0,98)
Vitórias dos visitantes: 64 (diferença média de gols: 1,66)

FREQUÊNCIA DE RESULTADOS:


1 x 0 (39)
2 x 0 (36)
2 x 1 (25)
1 x 1 (22)
0 x 0 (15)
3 x 0 (13)
3 x 1 (13)
3 x 2 (9)
2 x 2 (8)
4 x 1 (7)
4 x 0 (6)
3 x 3 (3)
4 x 2 (3)
4 x 3 (1)
5 x 1 (1)
6 x 1 (1)

DIFERENÇA E GOLS:

- Maior diferença de gols (5): 17ª rodada - São Caetano 6 x 1 São Bernardo
- Mais gols em um jogo (7): 17ª rodada - São Caetano 6 x 1 São Bernardo e 2ª rodada - Americana 3 x 4 São Paulo
- Mais gols de um time (6): 17ª rodada - São Caetano 6 x 1 São Bernardo
- Maior vitória do mandante (5): 17ª rodada - São Caetano 6 x 1 São Bernardo
- Maior vitória do visitante (4): 5ª rodada - Noroeste 1 x 5 Americana ; 9ª rodada - Santo André 0 x 4 Paulista ; 16ª rodada - Botafogo 0 x 4 Linense
- Maiores empates (3x3): 4ª rodada - Ituano 3 x 3 Linense e Santos 3 x 3 São Caetano ; 7ª rodada - Prudente 3 x 3 Portuguesa

MAIORES PLACARES:

- 1ª rodada: Linense 1 x 4 Santos
- 2ª rodada: Ituano 1 x 4 Palmeiras
- 3ª rodada: Prudente 2 x 4 Santos
- 4ª rodada: Palmeiras 3 x 1 Paulista / Portuguesa 1 x 3 Ponte Preta
- 5ª rodada: Noroeste 1 x 5 Americana
- 6ª rodada: Corinthians 4 x 0 Ituano
- 7ª rodada: Noroeste 4 x 1 Mogi Mirim
- 8ª rodada: Mirassol 3 x 1 São Caetano
- 9ª rodada: São Paulo 4 x 0 Bragantino / Santo André 0 x 4 Paulista
- 10ª rodada: Corinthians 4 x 0 Prudente
- 11ª rodada: Botafogo 1 x 4 Portuguesa
- 12ª rodada: São Bernardo 4 x 1 Mirassol
- 13ª rodada: São Paulo 3 x 0 Santo André
- 14ª rodada: Portuguesa 4 x 1 Mirassol
- 15ª rodada: Palmeiras 3 x 0 Linense / Corinthians 3 x 0 Oeste
- 16ª rodada: Oeste 4 x 0 Noroeste / Botafogo 0 x 4 Linense
- 17ª rodada: São Caetano 6 x 1 São Bernardo
- 18ª rodada: Noroeste 1 x 4 São Paulo
- 19ª rodada: Santos 3 x 0 Paulista / Botafogo 3 x 0 Mirassol
- 20ª rodada (Q): São Paulo 2 x 0 Portuguesa
- 21ª rodada (S): São Paulo 0 x 2 Santos
- 22ª rodada (F1): Ponte Preta 2 x 1 Oeste
- 23ª rodada (F2): Oeste 3 x 0 Ponte Preta

MELHOR E PIOR:


- Americana: 5 x 1 contra Noroeste / 0 x 2 contra Paulista e Mirassol
- Botafogo: 3 x 0 contra Mirassol / 0 x 4 contra Linense
- Bragantino: 3 x 0 contra São Bernardo / 0 x 4 contra São Paulo
- Corinthians: 4 x 0 contra Ituano e Prudente / 0 x 1 contra Ponte Preta
- Grêmio Prudente: 3 x 1 contra Santo André / 0 x 4 contra Corinthians
- Ituano: 3 x 1 contra Botafogo / 0 x 4 contra Corinthians
- Linense: 4 x 0 contra Botafogo / 0 x 3 contra Palmeiras
- Mirassol: 3 x 0 contra Ituano / 0 x 3 contra Santos e Botafogo
- Mogi Mirim: 4 x 2 contra São Bernardo / 1 x 4 contra Noroeste
- Noroeste: 4 x 1 contra Mogi Mirim / 0 x 4 contra Oeste
- Oeste: 4 x 0 contra Noroeste / 0 x 3 Corinthians
- Palmeiras: 4 x 1 contra Ituano / 0 x 1 contra Corinthians
- Paulista: 4 x 0 contra Santo André / 0 x 3 contra Santos
- Ponte Preta: 3 x 1 contra Botafogo e Portuguesa / 0 x 3 contra Oeste
- Portuguesa: 4 x 1 contra Mirassol e Botafogo / 0 x 3 contra Santos
- Santo André: 1 x 0 contra Americana e São Caetano / 0 x 4 contra Paulista
- Santos: 4 x 1 contra Linense / 1 x 3 contra Corinthians
- São Bernardo: 4 x 1 contra Mirassol / 1 x 6 contra São Caetano
- São Caetano: 6 x 1 contra São Bernardo / 0 x 3 contra Oeste
- São Paulo: 4 x 0 contra Bragantino / 0 x 2 contra Santos e Santos (as duas partidas, tanto na primeira fase quanto na semifinal)

Coruja no ninho!

A expectativa pelo Campeonato Brasileiro foi grande. Boas contratações, craques em campo e muitos clubes focados apenas na Série A. Mas a primeira rodada não empolgou como todos esperavam. Pelo menos no número de gols marcados, como mostra o blog rbrito, nesta segunda-feira.

Mais no blog rbrito:
Especiais das Séries A e B do Brasileirão e todos os técnicos!


A primeira rodada do Brasileirão 2011 teve a segunda pior média de gols na Era dos pontos corridos. Nos dez jogos disputados, neste sábado e domingo, foram anotados apenas 24 tentos. Média modesta de 2,4 por partida.

Só o Flamengo goleou – 4 a 0 sobre o Avaí. O blog rbrito considera goleada apenas vitórias por quatro ou mais gols de diferença. Por outro lado, cinco partidas acabaram com vitórias apertadas, por diferença de um tento.

Em 2004, quando a elite ainda contava com 24 clubes, a média da primeira rodada também foi de 2,4 gols por partida. Por ter um número maior de jogos, aquele ano teve mais gols (29). Mas a pior média aconteceu em 2006.

Desastre!
No primeiro ano em que a disputa por pontos corridos contou com 20 clubes, os primeiros dez jogos tiveram míseros 18 gols e média de 1,8. Em compensação, a temporada seguinte compensou o desastre de 2006. O Brasileirão 2007 teve a primeira rodada mais produtiva na Era dos pontos corridos.

Em dez jogos, os clubes anotaram inacreditáveis 39 tentos. Média alta de 3,9 por partida. Outro bom ano foi em 2005. Naquela oportunidade, o Brasileirão tinha 22 clubes. A primeira rodada teve média de 3,0 gols por partida.

Não perca nesta semana o blog rbrito! Teremos posts duplos, com rankings de público, especiais para encerrar as Séries A1, A2 e A3 do Campeonato Paulista e até post dedicado a final da Liga dos Campeões.

Está satisfeito com o ataque do seu time? Participe! Opine pelo blog rbrito ou através do twitter (@rbrito1984)

Confira as médias de gols na Era dos pontos corridos do Brasileirão:

2003

35 gols em 12 jogos = 2,9

2004
29 gols em 12 jogos = 2,4

2005
33 gols em 11 jogos = 3

2006
18 gols em 10 jogos = 1,8

2007
39 gols em 10 jogos = 3,9

2008
26 gols em 10 jogos = 2,6

2009
25 gols em 10 jogos = 2,5

2010
27 gols em 10 jogos = 2,7

2011
24 gols em 10 jogos = 2,4

domingo, 22 de maio de 2011

Mau Humor FC 67!

O Campeonato Brasileiro começou, neste sábado, e junto com ele as pitonisas de plantão. Lógico que futebol é gostoso e incita a dar palpites, mas não tão cedo. Este é o tema da seção Mau Humor FC 67, do blog rbrito, neste domingo.

Mais no blog rbrito:
A falência dos Estaduais e a conivência de seus dirigentes!


Os jornalistas, formadores de opinião, não precisam e não devem opinar sobre quais clubes poderão ficar com a taça da Série A. Ainda mais diante do cenário dos últimos anos. Flamengo e Fluminense não estavam na lista dos melhores clubes do país.

Um exemplo ainda mais recente foi a noite negra dos clubes brasileiros na Libertadores. É preciso ter calma e prudência antes de opinar. Ainda mais os jornalistas, afoitos em ser o primeiro a cravar o possível vencedor.

Bobeira! Não há esta necessidade. O torcedor sabe que ainda é muito cedo para estes palpites e não deve ficar nem um pouco satisfeito com a alternância de campeões rodada após rodada.

DM!

O Corinthians assumiu todos os riscos ao contratar Adriano. O atacante até vinha cumprindo com suas obrigações, mas sofreu uma lesão. Uma fatalidade que o tirou de metade dos jogos do Brasileirão. O caso de São Paulo e Luis Fabiano é mais emblemático.

Será que o Tricolor não sabia das atuais condições do atacante? Não falo em condições técnicas. Luis Fabiano é um excelente jogador e sabe fazer gols como ninguém. Mas falo em relação a parte física do atleta.

Luis Fabiano teve a reestreia constantemente mudada pela diretoria do clube. Tentaram esquecer um dorzinha aqui, uma lesão ali. Até que chegou o momento da cirurgia. Uma grande perda para Paulo César Carpegiani e Cia.

O que te deixa irritado no futebol? Coloque seu mau humor pra fora! Participe pelo blog rbrito ou através do www.twitter.com/rbrito1984

sábado, 21 de maio de 2011

Faaala 26!

Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, deu uma grande derrapada nas palavras, nesta semana, ao mencionar a Rede Globo em reunião no Clube dos 13. Como a seção “Faaala”, do blog rbrito, não perdoa nada, o deslize está na edição deste sábado.

Mais no blog rbrito:
Lado obscuro do futebol marcou as declarações da semana passada!


Mas também teremos os fofoqueiros do Parque Antártica. Sem falar nos desfalques de Corinthians e São Paulo. Já o goleiro do Avaí, Renan, trocou as bolas, quer dizer, trocou o nome do repórter após o empate, por 1 a 1, com o Vasco pela semifinal da Copa do Brasil.

Ajude a fazer o blog rbrito! Mande sugestões de posts! Opine pelo próprio blog rbrito ou através do www.twitter.com/rbrito1984

Aprecie sem moderação as principais declarações da semana:

AZEDOU!

""Não sei se há um dedo-duro na diretoria. Só sei que tudo que se fala lá dentro sai no blog de alguém, no Twitter do outro e na internet. Então, da minha boca não sai mais nada, só se colocarem um microfone dentro da minha sala. (...) Agora eu só falo de bomba atômica", Luiz Felipe Scolari, técnico do Palmeiras, irritado com o vazamento de informações.

SEGUNDA PELE?
"Agora vou buscar outras conquistas no Shakhtar, da Ucrânia. Não tenho nem palavras para agradecer pelo carinho que recebi todos esses anos. Confesso estar radiante de felicidade, mas, ao mesmo tempo, triste por deixar tantos amigos, fãs e pessoas que me ajudaram a chegar aqui", Dentinho, ex-atacante do Corinthians, e animado com o futebol da Ucrânia.

NA FACA!
"Ele se sentiu muito bem no início da semana, mas terminou os treinos de quarta e quinta reclamando de dor. Hoje, acordou bem e apesar de fazer todos os movimentos e sabermos que isso poderia evoluir bem, ele pediu para adotarmos a solução mais rápida. Decidimos então por fazer uma limpeza cirúrgica", Rene Abdala, médico do São Paulo, que decidiu operar Fabuloso.

NOVOS ARES!

“Chego com a expectativa de realizar um bom trabalho e ajudar o time a fazer uma campanha forte nesta Série B”, Geninho, novo técnico do Vitória, e esperança rubro-negra na disputa pelo acesso.

BOCA ABERTA!

"Sou amigo do Ricardo Teixeira meeeesmo... sou amigo da Globo meeeesmo... apesar de ser gangster", Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, causando tremendo mal estar no futebol brasileiro.

CULPADO?

"O Juvenal (Juvêncio) me ligou e pediu a fita para saber como foi a reunião. Eu mandei para ele. Só pode ter sido ele, pois só eu e ele tivemos acesso ao vídeo. Fui inocente. E não lembrava que tinha essa frase do (Andres) Sanchez", Ataíde Gil Guerreiro, diretor do Clube dos 13 e conselheiro do São Paulo, dando uma dica de quem poderia ter vazado a fita que causou reboliço no futebol.

EU NÃO!

"O que tem que ser visto são os fatos, o que foi dito naquela reunião", Juvenal Juvêncio, presidente do São Paulo, colocando os pingos nos "is".

FALA, PROFESSOR!  

"O Ronaldo não vai sair jogando. Ele vai entrar durante o primeiro tempo, vai jogar alguns minutos e vai ter, no intervalo, o ápice da sua festa. No segundo tempo, nós retornaremos sem ele e continuaremos o jogo", Mano Menezes, técnico da Seleção Brasileira, explicando os motivos pelo qual o Fenômeno começará no banco de reservas em seu jogo de despedida.

COMEÇOU CEDO!

O Flamengo foi prejudicado pela péssima arbitragem de Sandro Meira Ricci e foi eliminado na Copa do Brasil. Este árbitro me expulsou porque entrei no campo para evitar mais expulsões dos meus jogadores, que estavam muito nervosos. Agora, como prêmio pela péssima arbitragem que deu um grande prejuízo ao Flamengo, o Sérgio Correa escala Sandro Meira Ricci para o jogo Santos x Internacional, que marca a abertura do Campeonato Brasileiro. Será que tem alguma coisa pessoal comigo este senhor Sérgio Correa?", Vanderlei Luxemburgo, técnico do Flamengo, dando início as reclamações de arbitragem antes mesmo de começar o Brasileirão.

BAFÔMETRO!

"Eu amadureci muito. Meu pensamento é apenas treinar e me dedicar ao futebol. Sempre que me dediquei, fui bem. Foi assim em 2007, 2008... quando estava no Fluminense. Depois, quebrei o dedo e isto me complicou um pouco. Meu pensamento agora é só jogar, não tem mais aquela saidinha de fim de semana. Claro que eu tenho uma vida, mas parei de beber. Graças a Deus. Isto me motiva mais", Fernando Henrique, goleiro do Ceará, fazendo questão de anunciar que mudou de vida.

OPSSS!
"Mas então Petrin...", Renan, goleiro do Avaí, trocando as bolas ao ser entrevistado por Fernando Fernandes e não por Antônio Petrin. Ambos são repórteres da Band.

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Pouco arretado!

O blog rbrito trabalhou muito nesta semana. Nossa saga em relação as médias de público continua, nesta sexta-feira, com o Campeonato Baiano. Os números são modestos, apesar dos grandes clubes estarem nas primeiras colocações. Só o blog rbrito tem o levantamento de público dos Estaduais. Prestigie! Divulgue! Faça parte deste levantamento histórico!

Mais no blog rbrito:
Surpresa total na liderança do ranking de público pagante do Goianão!


O acarajé baiano costuma ser quente, mas o caldeirão da Boa Terra não ferveu. Vice-campeão Estadual, o Vitória foi o responsável pela melhor média de público do Baianão. Mas os números não entusiasmam se comparados com as principais competições do país.

Responsável pelo maior público do Estadual - 22.247 pagantes no segundo jogo da final contra o Bahia de Feira -, o Vitória teve um público total de 96.276 pagantes. A média foi de 8.752. Número superior ao apresentado pelo Anapolina, líder do Goianão, mas ainda abaixo dos Estaduais de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Minas Gerais.

Rivalidade!

O Bahia também conseguiu alguns públicos pomposos, mas a média foi parecida com a do rival Vitória. O Tricolor, que se prepara para a disputa do Campeonato Brasileiro, apresentou média de 8.238 pagantes e público total de 82.380.

A média do xará e campeão Estadual, Bahia de Feira cai praticamente pela metade. O clube, com média de 4.634 pagantes, aparece na terceira posição. Logo atrás está o Vitória da Conquista, com média de 4.312 pagantes.

Porreta!

Apesar destas médias modestas, há o que se exaltar no Campeonato Baiano. Os torcedores de clubes do interior são apaixonados por futebol. Fluminense de Feira, Colo-Colo, Atlético e Serrano tiveram públicos de até 5 mil pagantes. Número pouco visto em clubes do mesmo porte nos outros Estaduais.

O Fluminense de Feira, por exemplo, arrastou quase 10 mil torcedores para o duelo contra o Bahia. Já o Colo-Colo, dono da sexta melhor média de público do Estadual, teve público de 5.144 pagantes contra o Camaçari. O Atlético contou com o apoio de 6 mil pagantes no embate diante do Vitória.

Por outro lado, o Camaçari, lanterna no ranking, foi o único clube que não apresentou média superior a mil pagantes. Com públicos de 73 e 96 pagantes, o Camaçari ostentou média de míseros 460.

Amador!
O intuito do blog rbrito era apresentar as médias de todos os Estaduais 2011. Mas muitas Federações não disponibilizam tais informações. Até agora, o blog rbrito não conseguiu os números dos Campeonatos Potiguar, Roraimense e Matogrossense.

O blog rbrito, porém, já apresentou as médias de público do Paulistão (final), Carioca (final), Catarinense, Paranaense (final), Cearense (final), Gaúcho, Paraense, Sergipano, Alagoano (final), Brasiliense (final), Mineiro (final), Goiano (final) e Baiano (final).

Ajude a divulgar o trabalho do blog rbrito! Só nós fazemos o levantamento das médias de público de TODOS os Estaduais! Opine! Participe pelo blog rbrito ou através do www.twitter.com/rbrito1984

Confira o total e a média final de público de TODOS os clubes no Goiano 2011:

1 - VITÓRIA (TOTAL = 96.276 / MÉDIA = 8.752)


Vitória x Colo-Colo (5.663)
Vitória x Vitória da Conquista (4.298)
Vitória x Bahia (14.835)
Vitória x Bahia de Feira (4.390)
Vitória x Atlético (5.996)
Vitória x Juazeiro (3.812)
Vitória x Serrano (4.482)
Vitória x Feirense (6.180)
Vitória x Camaçari (3.839)
Vitória x Bahia (20.534)
Vitória x Bahia de Feira (22.247)

2 - BAHIA (TOTAL = 82.380 / MÉDIA = 8.238)

Bahia x Feirense (5.159)
Bahia x Fluminense de Feira (4.433)
Bahia x Camaçari (3.688)
Bahia x Vitória (14.149)
Bahia x Ipitanga (6.776)
Bahia x Serrano (8.327)
Bahia x Atlético (5.084)
Bahia x Bahia de Feira (5.864)
Bahia x Vitória da Conquista (7.442)
Bahia x Vitória (21.458)

3 - BAHIA DE FEIRA (TOTAL = 50.970 / MÉDIA = 4.634)

Bahia de Feira x Camaçari (157)
Bahia de Feira x Vitória (2.368)
Bahia de Feira x Fluminense de Feira (3.880)
Bahia de Feira x Ipitanga (4.554)
Bahia de Feira x Serrano (4.676)
Bahia de Feira x Feirense (4.691)
Bahia de Feira x Vitória da Conquista (4.713)
Bahia de Feira x Bahia (5.750)
Bahia de Feira x Atlético (4.760)
Bahia de Feira x Serrano (4.656)
Bahia de Feira x Vitória (10.765)

4 - VITÓRIA DA CONQUISTA (TOTAL = 38.807 / MÉDIA = 4.312)

Vitória da Conquista x Ipitanga (1.497)
Vitória da Conquista x Camaçari (1.348)
Vitória da Conquista x Feirense (3.311)
Vitória da Conquista x Serrano (5.075)
Vitória da Conquista x Vitória (5.474)
Vitória da Conquista x Fluminense de Feira (4.677)
Vitória da Conquista x Bahia (6.610)
Vitória da Conquista x Atlético (4.737)
Vitória da Conquista x Bahia de Feira (6.078)

5 - FLUMINENSE DE FEIRA (TOTAL = 35.981 / MÉDIA = 3.998)


Fluminense de Feira x Vitória da Conquista (1.383)
Fluminense de Feira x Atlético (1.267)
Fluminense de Feira x Juazeiro (1.664)
Fluminense de Feira x Bahia de Feira (3.077)
Fluminense de Feira x Bahia (9.593)
Fluminense de Feira x Colo-Colo (4.886)
Fluminense de Feira x Ipitanga (4.307)
Fluminense de Feira x Colo-Colo (4.772)
Fluminense de Feira x Juazeiro (5.032)

6 - COLO-COLO (TOTAL = 35.222 / MÉDIA = 3.913)

Colo-Colo x Fluminense de Feira (2.595)
Colo-Colo x Ipitanga (1.820)
Colo-Colo x Serrano (2.936)
Colo-Colo x Feirense (4.253)
Colo-Colo x Camaçari (5.144)
Colo-Colo x Vitória (5.284)
Colo-Colo x Juazeiro (4.304)
Colo-Colo x Fluminense de Feira (4.856)
Colo-Colo x Ipitanga (4.030)

7 - ATLÉTICO (TOTAL = 33.371 / MÉDIA = 3.708)

Atlético x Serrano (1.178)
Atlético x Feirense (1.668)
Atlético x Vitória (6.000)
Atlético x Camaçari (3.974)
Atlético x Fluminense de Feira (2.982)
Atlético x Ipitanga (3.029)
Atlético x Bahia de Feira (4.902)
Atlético x Vitória da Conquista (4.091)
Atlético x Bahia (5.547)

8 - SERRANO (TOTAL = 36.120 / MÉDIA = 3.612)


Serrano x Bahia (5.040)
Serrano x Bahia de Feira (375)
Serrano x Vitória da Conquista (5.352)
Serrano x Colo-Colo (3.278)
Serrano x Juazeiro (4.149)
Serrano x Atlético (866)
Serrano x Feirense (3.986)
Serrano x Camaçari (3.427)
Serrano x Vitória (4.911)
Serrano x Bahia de Feira (4.736)

9 - FEIRENSE (TOTAL = 28.890 / MÉDIA = 3.210)

Feirense x Bahia de Feira (500)
Feirense x Juazeiro (100)
Feirense x Colo-Colo (936)
Feirense x Vitória da Conquista (4.301)
Feirense x Atlético (4.600)
Feirense x Bahia (5.288)
Feirense x Camaçari (4.681)
Feirense x Vitória (5.001)
Feirense x Serrano (3.483)

10 - JUAZEIRO (TOTAL = 15.483 / MÉDIA = 1.720)


Juazeiro x Vitória (1.437)
Juazeiro x Serrano (158)
Juazeiro x Ipitanga (1.336)
Juazeiro x Fluminense de Feira (441)
Juazeiro x Feirense (1.613)
Juazeiro x Camaçari (852)
Juazeiro x Fluminense de Feira (1.305)
Juazeiro x Ipitanga (2.785)
Juazeiro x Colo-Colo (5.556)

11 - IPITANGA (TOTAL = 9.952 / MÉDIA = 1.106)

Ipitanga x Atlético (819)
Ipitanga x Bahia (2.247)
Ipitanga x Bahia de Feira (937)
Ipitanga x Juazeiro (1.056)
Ipitanga x Colo-Colo (1.025)
Ipitanga x Vitória da Conquista (544)
Ipitanga x Colo-Colo (677)
Ipitanga x Juazeiro (1.267)
Ipitanga x Fluminense de Feira (1.380)

12 - CAMAÇARI (TOTAL = 4.144 / MÉDIA = 460)

Camaçari x Juazeiro (250)
Camaçari x Colo-Colo (149)
Camaçari x Atlético (347)
Camaçari x Bahia (936)
Camaçari x Vitória da Conquista (130)
Camaçari x Bahia de Feira (178)
Camaçari x Vitória (1.985)
Camaçari x Serrano (73)
Camaçari x Feirense (96)

quinta-feira, 19 de maio de 2011

A e B!

A maioria dos Estaduais já faz parte do passado. A partir desta sexta-feira, os principais clubes do Brasil começam a pensar nas Séries A e B do Campeonato Brasileiro. Estas competições mantiveram a disputa por pontos corridos. Na Série B, os quatro primeiros colocados conquistarão o acesso e as vagas dos últimos quatro colocados rebaixados na elite.

Com jogos já nesta sexta-feira, a Série B terá a volta do Grêmio Barueri. O clube que estava em Presidente Prudente foi rebaixado na temporada passada e com a degola no Paulistão, resolveu voltar para Barueri, onde ficou conhecido nacionalmente. Além do Barueri, Goiás, Guarani e Vitória também foram rebaixados em 2010.

Aliás, o Guarani chega animado pelo acesso conquistado na Série A2 Paulista. Enquanto isso, o Vitória, derrotado na final do Estadual pelo Bahia de Feira de Santana, terá novo técnico no banco de reservas. Geninho foi anunciado, nesta quinta-feira, como substituto de Antônio Lopes.

O ABC é outro clube que voltou para a Segundona. Campeão da Série C 2010, o time potiguar entra na disputa respaldado pelo título estadual. Ituiutaba-MG, que mudou de cidade e de nome (agora se chama Boa), Salgueiro-PE e Criciúma foram os outros clubes que ascenderam a Série B.

A competição ainda terá o decadente Paraná. O clube amargou seu primeiro rebaixamento no Estadual. Já o Duque de Caxias será o único clube a começar a competição com técnico interino (Caco Espinosa). Para finalizar são sete clubes do Estado de São Paulo, três de Pernambuco, dois de Goiás e um de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Alagoas, Ceará, Santa Catarina, Bahia e Paraná.

Dos 20 clubes que disputam a Série B em 2011, Paraná (1992 e 2000), Sport (1990), Guarani (1981), Criciúma (2002), Goiás (1999) e Bragantino (1989) já conquistaram o título da competição.

Elite!
Esfacelado no Campeonato Carioca e eliminado na Libertadores, o Fluminense, com Abel Braga, tentará lutar pelo Bicampeonato Brasileiro. Dos clubes cariocas, apenas o Flamengo já foi Bicampeão Nacional. Mas é o nordeste que está em festa.

O Bahia, apesar dos tropeços no Estadual e na Copa do Brasil, está de volta à elite Nacional, após passar por Série C e Série B. Sem falar na Carroça Desembestada. Campeão Estadual, o Ceará é um dos semifinalistas da Copa do Brasil e, mais uma vez, deve lotar os estádios.

A mesma animação é observada no sul. Mas engana-se quem pensa na dupla gaúcha. O Coritiba é a grande sensação da temporada 2011. O time conquistou 24 vitórias consecutivas e bateu o recorde nacional que era do Palmeiras em 1996. Campeão Estadual invicto, o Coxa também está na semifinal da Copa do Brasil.

Além de Bahia e Coritiba, América-MG e Figueirense conquistaram o acesso no ano passado. Todos lutarão contra o Santos, de Muricy Ramalho. Aliás, o técnico brigará pelo Pentacampeonato Brasileiro e o Tri em times diferentes. Muricy já foi campeão pelo São Paulo e pelo Fluminense.

A radiografia da Série A mostra quatro clubes de São Paulo, quatro do Rio de Janeiro, três de Minas Gerais, dois do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina, além de um da Bahia, do Ceará e de Goiás. Dos 17 campeões Brasileiro, apenas Sport e Guarani não estarão na elite em 2011.

Ainda é cedo, mas opine sobre quais clubes vão conquistar o acesso na Série B! Participe pelo blog rbrito ou através do twitter (@rbrito1984)

Confira os técnicos das Séries A e B do Brasileirão:

SÉRIE A


América-MG - Mauro Fernandes
Atlético-GO - PC Gumão
Atlético-MG - Dorival Junior
Atlético-PR - Adilson Batista
Avaí - Silas
Bahia - Renê Simões
Botafogo - Caio Junior
Ceará - Vágner Mancini
Corinthians - Tite
Coritiba - Marcelo Oliveira
Cruzeiro - Cuca
Figueirense - Jorginho
Flamengo - Vanderlei Luxemburgo
Fluminense - Abel Braga
Grêmio - Renato Gaúcho
Internacional - Falcão
Palmeiras - Luiz Felipe Scolari
Santos - Muricy Ramalho
São Paulo - Paulo César Carpegiani
Vasco - Ricardo Gomes

SÉRIE B

ABC-RN - Leandro Campos
Americana-SP - Toninho Cecílio
ASA-AL - Vica
Bragantino-SP - Marcelo Veiga
Criciúma-SC - Edson Gaúcho
Duque de Caxias-RJ - Caco Espinosa (interino)
Goiás-GO - Artur Neto
Grêmio Barueri-SP - Sérgio Soares
Guarani-SP - Vilson Tadei
Icasa-CE - Dado Cavalcanti
Ituiutaba-MG - Nedo Xavier
Náutico-PE - Waldemar Lemos
Paraná-PR - Ricardo Pinto
Ponte Preta-SP - Gilson Kleina
Portuguesa-SP - Jorginho
Salgueiro-PE - Neco
São Caetano-SP - Márcio Goiano
Sport-PE - Hélio dos Anjos
Vila Nova-GO - Heron Ferreira
Vitória-BA - Geninho

Um faz a diferença!

O blog rbrito tem feito o levantamento das médias de público pagante de todos os Estaduais em 2011. Mas até agora, o blog rbrito não tinha visto uma disputa tão apertada pela liderança como poderemos observar no Campeonato Goiano. O Atlético foi o campeão Estadual, mas nem rubro-negros, nem alviverdes e muito menos vilanovenses ficaram com a taça de melhor média de público.

Mais no blog rbrito:
Com ingressos populares, Atlético e Ipatinga lotaram os estádios em Minas Gerais!


O Anapolina foi o responsável por este título. Na verdade, a taça simbólica cabe aos apaixonados torcedores do clube. Em nenhuma partida o Anapolina superou a marca de dez mil pagantes, porém, manteve o equilíbrio e não deixou o estádio esvaziar.

Em dez jogos como mandante, o clube teve um público total de 59.703 pagantes. A média registrada foi de 5.970. Na cola do Anapolina aparece o Atlético. O Dragão ostenta média de 5.957 pagantes. Sem falar que o clube foi o responsável pelo maior público do Estadual.

Na final contra o Goiás, no último domingo, o clube rubro-negro teve um público de 21.663 pagantes. No total, o Atlético apresentou público de 65.528 pagantes.

Apertadinho!

Goiás e Vila Nova são os próximos clubes no ranking. A dupla também chegou a marca de 5 mil pagantes. Vice-campeão Estadual, o Goiás teve a terceira melhor média da competição (5.836). Enquanto isso, o Vila Nova, quarto colocado, aparece com média de 5.372 pagantes.

Apesar desta disputa apertada, os clubes goianos não seriam líderes nos principais campeonatos do país. Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Minas Gerais têm clubes com médias acima de dez mil pagantes.

A se comemorar o fato de que apenas um clube não atingiu a marca, de pelo menos, mil pagantes. O lanterna Aparecidense contabilizou média modesta de 766 pagantes. O Trindade, penúltimo colocado, teve média de 1.279.

Amador!
O intuito do blog rbrito era apresentar as médias de todos os Estaduais 2011. Mas muitas Federações não disponibilizam tais informações. Até agora, o blog rbrito não conseguiu os números dos Campeonatos Potiguar, Roraimense e Matogrossense.

O blog rbrito, porém, já apresentou as médias de público do Paulistão (final), Carioca (final), Catarinense, Paranaense (final), Cearense (final), Gaúcho, Paraense, Sergipano, Alagoano (final), Brasiliense (final), Mineiro (final) e Goiano (final).

Ajude a divulgar o trabalho do blog rbrito! Só nós fazemos o levantamento das médias de público de TODOS os Estaduais! Opine! Participe pelo blog rbrito ou através do www.twitter.com/rbrito1984

Confira o total e a média final de público de TODOS os clubes no Goiano 2011:

1 - ANAPOLINA (TOTAL = 59.703 / MÉDIA = 5.970)


Anapolina x Aparecidense (4.682)
Anapolina x Santa Helena (4.514)
Anapolina x CRAC (3.933)
Anapolina x Goiás (7.472)
Anapolina x Atlético (7.955)
Anapolina x Goianésia (3.951)
Anapolina x Morrinhos (3.673)
Anapolina x Trindade (4.071)
Anapolina x Vila Nova (10.254)
Anapolina x Atlético (9.198)

2 - ATLÉTICO (TOTAL = 65.528 / MÉDIA = 5.957)

Atlético x Santa Helena (2.502)
Atlético x Trindade (883)
Atlético x Goianésia (1.121)
Atlético x Vila Nova (11.156)
Atlético x Morrinhos (1.058)
Atlético x Goiás (11.752)
Atlético x CRAC (1.083)
Atlético x Anapolina (2.779)
Atlético x Aparecidense (2.278)
Atlético x Anapolina (9.253)
Atlético x Goiás (21.663)

3 - GOIÁS (TOTAL = 64.192 / MÉDIA = 5.836)


Goiás x CRAC (1.080)
Goiás x Morrinhos (1.358)
Goiás x Atlético (6.514)
Goiás x Aparecidense (1.251)
Goiás x Vila Nova (12.289)
Goiás x Anapolina (4.153)
Goiás x Goianésia (1.347)
Goiás x Santa Helena (3.271)
Goiás x Trindade (1.660)
Goiás x Vila Nova (13.264)
Goiás x Atlético (18.005)

4 - VILA NOVA (TOTAL = 53.716 / MÉDIA = 5.372)


Vila Nova x Anapolina (4.546)
Vila Nova x Goiás (12.489)
Vila Nova x Trindade (1.662)
Vilna Nova x Aparecidense (1.862)
Vila Nova x Morrinhos (2.316)
Vila Nova x CRAC (2.278)
Vila Nova x Santa Helena (1.531)
Vilna Nova x Atlético (7.152)
Vila Nova x Goianésia (5.818)
Vila Nova x Goiás (14.062)

5 - CRAC (TOTAL = 19.871 / MÉDIA = 2.207)

CRAC x Morrinhos (2.513)
CRAC x Aparecidense (4.309)
CRAC x Vila Nova (3.622)
CRAC x Atlético (3.272)
CRAC x Goianésia (1.172)
CRAC x Santa Helena (577)
CRAC x Anapolina (1.084)
CRAC x Trindade (873)
CRAC x Goiás (2.449)

6 - MORRINHOS (TOTAL = 17.365 / MÉDIA = 1.929)

Morrinhos x Trindade (1.316)
Morrinhos x Atlético (2.215)
Morrinhos x Goianésia (1.149)
Morrinhos x Anapolina (1.226)
Morrinhos x Santa Helena (813)
Morrinhos x Aparecidense (633)
Morrinhos x Goiás (3.311)
Morrinhos x Vila Nova (4.234)
Morrinhos x CRAC (2.468)

7 - GOIANÉSIA (TOTAL = 15.597 / MÉDIA = 1.733)


Goianésia x Vila Nova (2.828)
Goianésia x Aparecidense (1.108)
Goianésia x Anapolina (1.152)
Goianésia x Goiás (2.210)
Goianésia x Trindade (653)
Goianésia x Atlético (1.567)
Goianésia x Morrinhos (805)
Goianésia x CRAC (1.374)
Goianésia x Santa Helena (3.900)

8 - SANTA HELENA (TOTAL = 13.009 / MÉDIA = 1.445)

Santa Helena x Goianésia (2.156)
Santa Helena x Vila Nova (1.098)
Santa Helena x CRAC (692)
Santa Helena x Morrinhos (860)
Santa Helena x Goiás (947)
Santa Helena x Anapolina (601)
Santa Helena x Trindade (368)
Santa Helena x Aparecidense (2.257)
Santa Helena x Atlético (4.030)

9 - TRINDADE (TOTAL = 11.513 / MÉDIA = 1.279)


Trindade x Goiás (2.126)
Trindade x Goianésia (901)
Trindade x Anapolina (1.157)
Trindade x CRAC (1.178)
Trindade x Santa Helena (933)
Trindade x Aparecidense (386)
Trindade x Vila Nova (1.934)
Trindade x Atlético (1.226)
Trindade x Morrinhos (1.672)

10 - APARECIDENSE (TOTAL = 6.894 / MÉDIA = 766)


Aparecidense x Atlético (1.851)
Aparecidense x Santa Helena (196)
Aparecidense x Morrinhos (303)
Aparecidense x Trindade (136)
Aparecidense x CRAC (93)
Aparecidense x Vila Nova (1.391)
Aparecidense x Goiás (1.683)
Aparecidense x Goianésia (356)
Aparecidense x Anapolina (885)